Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 11 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Câmara rejeita contas de 2016 de ex-prefeito Maranhão

Banco de Dados/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

15/04/2021 | 21:54


A Câmara de Rio Grande da Serra manteve a rejeição às contas do ex-prefeito de Rio Grande da Serra Gabriel Maranhão (Cidadania) referentes ao exercício de 2016, em sessão extraordinária. Com o resultado do plenário, Maranhão corre risco de ficar inelegível.

Dos 13 vereadores que compõem o Legislativo, sete votaram contra o parecer do TCE (Tribunal de Contas do Estado), que orientava pela reprovação do balancete, contudo, seis decidiram seguir o apontamento da Corte. Eram necessários dois terços – nove parlamentares – para reverter o parecer.

Entre as irregularidades apontadas estão pagamento insuficiente de precatórios, acréscimo da dívida de longo prazo de 18,7% e registro de funcionários comissionados sem atribuições de direção, chefia ou assessoramento no quadro.

Maranhão sustentou que sequer foi convidado para fazer sua defesa na casa, o que, na visão dele, prejudicou eventual busca de apoio para esclarecer o caso. Além disso, o ex-prefeito alegou também que houve “traição” por parte de vereadores que faziam parte da sua base de sustentação. “Alguns parlamentares me traíram descaradamente. Em especial, Israel Mendonça (PDT). Tenho pena dele”, disse, sem mencionar se irá tentar anular a apreciação.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Câmara rejeita contas de 2016 de ex-prefeito Maranhão

Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

15/04/2021 | 21:54


A Câmara de Rio Grande da Serra manteve a rejeição às contas do ex-prefeito de Rio Grande da Serra Gabriel Maranhão (Cidadania) referentes ao exercício de 2016, em sessão extraordinária. Com o resultado do plenário, Maranhão corre risco de ficar inelegível.

Dos 13 vereadores que compõem o Legislativo, sete votaram contra o parecer do TCE (Tribunal de Contas do Estado), que orientava pela reprovação do balancete, contudo, seis decidiram seguir o apontamento da Corte. Eram necessários dois terços – nove parlamentares – para reverter o parecer.

Entre as irregularidades apontadas estão pagamento insuficiente de precatórios, acréscimo da dívida de longo prazo de 18,7% e registro de funcionários comissionados sem atribuições de direção, chefia ou assessoramento no quadro.

Maranhão sustentou que sequer foi convidado para fazer sua defesa na casa, o que, na visão dele, prejudicou eventual busca de apoio para esclarecer o caso. Além disso, o ex-prefeito alegou também que houve “traição” por parte de vereadores que faziam parte da sua base de sustentação. “Alguns parlamentares me traíram descaradamente. Em especial, Israel Mendonça (PDT). Tenho pena dele”, disse, sem mencionar se irá tentar anular a apreciação.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;