Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Marcel e Maury ‘renascem’ no Jundiaí


Das Agências

10/11/2005 | 08:45


Os irmãos Marcel e Maury de Souza, ex-jogadores de basquete, resolveram unir laços familiares e profissionais em favor do esporte. Os dois estarão no comando do Tahitian Noni/Jundiaí no próximo dia 26, contra o Maringá, no Paraná, na estréia da equipe na Nossa Liga de Basquete. O time não está definido e o primeiro treino também ainda não foi realizado (será na próxima terça-feira), mas o patrocínio está garantido. "Estamos esperando terminar o Estadual Masculino das Divisões A-1 e A-2 para começar a pensar em reforços. O time deve ficar mais consistente no início do ano que vem", explicou o técnico Marcel, que ficou um ano longe das quadras. O último clube que dirigiu foi São Bernardo.

Um dos grandes jogadores da Seleção Brasileira disse que se afastou de sua maior paixão porque se decepcionou com a política do esporte. "O basquete não estava em quadra. O jogo era extraquadra. Não adiantava o jogador treinar. Isso não contava e, sim, a política. Era dar murro em ponta de faca", desabafou, referindo-se ao presidente Gerasime Bozikis, o Grego, presidente da Confederação Brasileira de Basquete.

Para formar a equipe de Jundiaí, cerca de 150 garotos passaram pelas duas peneiras, mas apenas quatro ou cinco agradaram a comissão técnica. "O nível do time ainda é baixo. E a base é de jogadores da categoria juvenil", explicou Maury, o irmão mais novo de Marcel, que será auxiliar-técnico.

Estadual – Pela terceira rodada da segunda fase do Campeonato Paulista Masculino, o São Caetano aproveitou o fator casa e derrotou nesta quarta-feira o Americana por 78 a 74 no ginásio Delenice Ribeiro. Já o Santo André/ São Paulo F.C. perdeu em pleno ginásio Prefeito Celso Daniel para o Bandeirantes/Rio Claro por 91 a 99.

Nesta quinta, pela repescagem, o São Bernardo/ Associação enfrenta às 20h o Objetivo/ São Carlos, fora de casa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Marcel e Maury ‘renascem’ no Jundiaí

Das Agências

10/11/2005 | 08:45


Os irmãos Marcel e Maury de Souza, ex-jogadores de basquete, resolveram unir laços familiares e profissionais em favor do esporte. Os dois estarão no comando do Tahitian Noni/Jundiaí no próximo dia 26, contra o Maringá, no Paraná, na estréia da equipe na Nossa Liga de Basquete. O time não está definido e o primeiro treino também ainda não foi realizado (será na próxima terça-feira), mas o patrocínio está garantido. "Estamos esperando terminar o Estadual Masculino das Divisões A-1 e A-2 para começar a pensar em reforços. O time deve ficar mais consistente no início do ano que vem", explicou o técnico Marcel, que ficou um ano longe das quadras. O último clube que dirigiu foi São Bernardo.

Um dos grandes jogadores da Seleção Brasileira disse que se afastou de sua maior paixão porque se decepcionou com a política do esporte. "O basquete não estava em quadra. O jogo era extraquadra. Não adiantava o jogador treinar. Isso não contava e, sim, a política. Era dar murro em ponta de faca", desabafou, referindo-se ao presidente Gerasime Bozikis, o Grego, presidente da Confederação Brasileira de Basquete.

Para formar a equipe de Jundiaí, cerca de 150 garotos passaram pelas duas peneiras, mas apenas quatro ou cinco agradaram a comissão técnica. "O nível do time ainda é baixo. E a base é de jogadores da categoria juvenil", explicou Maury, o irmão mais novo de Marcel, que será auxiliar-técnico.

Estadual – Pela terceira rodada da segunda fase do Campeonato Paulista Masculino, o São Caetano aproveitou o fator casa e derrotou nesta quarta-feira o Americana por 78 a 74 no ginásio Delenice Ribeiro. Já o Santo André/ São Paulo F.C. perdeu em pleno ginásio Prefeito Celso Daniel para o Bandeirantes/Rio Claro por 91 a 99.

Nesta quinta, pela repescagem, o São Bernardo/ Associação enfrenta às 20h o Objetivo/ São Carlos, fora de casa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;