Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 31 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Mulher morre em batida na V.Humaitá


Fabiana Chiachiri
Do Diário do Grande ABC

29/10/2005 | 08:30


A estudante Deise Clementino Sena, 26 anos, morreu em um acidente envolvendo um Gol verde e uma viatura da Polícia Militar na noite de quinta-feira, na Vila Humaitá, em Santo André. Deise estava no banco do passageiro. O motorista do carro, Rafael Menin, 20, e os policiais que estavam na viatura sofreram ferimentos leves.

De acordo com a mãe de Rafael, a dona-de-casa Elizete Gazito Menin, seu filho tinha saído para buscar um dos irmãos na casa da namorada. "Parece que ele fez uma conversão proibida, mas não sei falar direito. Meu filho está sem condições de dar declarações. Fisicamente, não aconteceu nada com ele, mas emocionalmente ele está arrasado. Foi uma fatalidade", disse.

O acidente aconteceu por volta das 23h na avenida Capitão Mário Toledo de Camargo – que registra o maior número de acidentes em Santo André. De acordo com o depoimento dos policiais, Rafael fez uma conversão proibida e bateu na viatura que seguia pela avenida no sentido bairro-Centro. A vítima foi socorrida e levada ao Centro Hospitalar Municipal, mas não resistiu.

Um levantamento feito pela Secretaria Estadual de Segurança Pública, no início do ano, aponta que o trânsito no Grande ABC matou uma pessoa a cada três dias em 2004. Com base no total de registros da polícia, o balanço também mostra que a cada 20 minutos acontece um acidente na região – ou 89 colisões por dia. Os números representam um aumento de 10,5% nos acidentes e 52,6% no de vítimas fatais em comparação a 2003.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mulher morre em batida na V.Humaitá

Fabiana Chiachiri
Do Diário do Grande ABC

29/10/2005 | 08:30


A estudante Deise Clementino Sena, 26 anos, morreu em um acidente envolvendo um Gol verde e uma viatura da Polícia Militar na noite de quinta-feira, na Vila Humaitá, em Santo André. Deise estava no banco do passageiro. O motorista do carro, Rafael Menin, 20, e os policiais que estavam na viatura sofreram ferimentos leves.

De acordo com a mãe de Rafael, a dona-de-casa Elizete Gazito Menin, seu filho tinha saído para buscar um dos irmãos na casa da namorada. "Parece que ele fez uma conversão proibida, mas não sei falar direito. Meu filho está sem condições de dar declarações. Fisicamente, não aconteceu nada com ele, mas emocionalmente ele está arrasado. Foi uma fatalidade", disse.

O acidente aconteceu por volta das 23h na avenida Capitão Mário Toledo de Camargo – que registra o maior número de acidentes em Santo André. De acordo com o depoimento dos policiais, Rafael fez uma conversão proibida e bateu na viatura que seguia pela avenida no sentido bairro-Centro. A vítima foi socorrida e levada ao Centro Hospitalar Municipal, mas não resistiu.

Um levantamento feito pela Secretaria Estadual de Segurança Pública, no início do ano, aponta que o trânsito no Grande ABC matou uma pessoa a cada três dias em 2004. Com base no total de registros da polícia, o balanço também mostra que a cada 20 minutos acontece um acidente na região – ou 89 colisões por dia. Os números representam um aumento de 10,5% nos acidentes e 52,6% no de vítimas fatais em comparação a 2003.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;