Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André parte para o tudo ou nada

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Time recebe o Catanduvense, no Bruno Daniel,
e só vitória mantém vivo o sonho do acesso


Dérek Bittencourt

05/04/2014 | 07:28


O jogo mais importante dos últimos tempos. Aquele que deve definir se o Santo André segue na briga pelo acesso à elite estadual ou não. A partida que pode significar a possibilidade de o time buscar novamente a participação em competições nacionais. São diversas as formas de se definir o duelo contra o Grêmio Catanduvense, às 15h de hoje, no Estádio Bruno Daniel. Mas, no fim das contas, o objetivo é um só: vencer.

Depois do tropeço contra o São Bento, por 1 a 0, dentro de casa, na semana passada, o Ramalhão vai para o jogo com atenção redobrada para não ser surpreendido por um adversário que já não tem interesses no Campeonato Paulista da Série A-2 – não corre risco de rebaixamento e não tem chance de acesso.

 “O campeonato está na penúltima rodada, não tem para onde correr mais. É ganhar ou ganhar. Temos de fazer nossa parte, primeiramente, para depois torcer contra nossos adversários para terminar a rodada no G-4”, destacou o volante Marcinho Guerreiro.

“Estamos conscientes disso, sabemos dessa possibilidade e que só existe um resultado: a vitória. Esperamos que a equipe corresponda às expectativas, com apoio da torcida, que possamos superar as dificuldades e a esperança é de um grande jogo e conquistar o resultado”, emendou o técnico Vilson Tadei.

Não basta ao Ramalhão fazer apenas sua parte para seguir na luta pelo acesso até a última rodada. Além de vencer o Catanduvense, terá de superar o São Caetano, sábado, na cidade vizinha, e torcer por tropeços de São Bento, Marília ou Mirassol, rivais diretos na luta por duas vagas à elite.

“Nós não podemos nem vamos chegar ao último jogo sem passar por este. É o mais importante neste momento, até porque é o próximo e para este que estamos trabalhando, sempre jogo a jogo. É focar no Catanduvense para ter a possibilidade de pensar em algo no futuro”, afirmou Tadei. “A gente está vendo que não dependemos só das nossas forças, mas temos de fazer nossa parte primeiro. Procurar ganhar nosso jogo e depois ver o que acontece com nossos adversários”, completou o zagueiro Jonas.

Para o duelo de hoje, o Ramalhão terá todo o grupo à disposição. Após cumprir suspensão, o atacante Müller Fernandes volta a estar selecionável e disputa vaga com Felipe Alves. Nas demais posições, Vilson Tadei deve optar pela manutenção da equipe. “Não vejo motivo para mudar aquilo que vinha dando certo. O mais importante é que temos mais opções no banco de reservas. Treinamos as duas possibilidades (com Müller e Felipe Alves) e na hora do jogo vamos ver o que é melhor”, explicou Tadei.

Já pelo lado do time de Catanduva, o técnico Rodrigo Deião não poderá contar com o atacante Fabinho, artilheiro do time com sete gols, que está no departamento médico. O zagueiro Jéferson também é desfalque, suspenso. Na visão de Marcinho Guerreiro, entretanto, a previsão é de jogo complicado. “Eles vêm sem compromisso e não têm mais nada no campeonato, mas às vezes acabam complicando. Temos de tomar cuidado que esses jogos são perigosos”, concluiu.

 

Diretoria sustenta promoção para lotar o Bruno Daniel

A diretoria do Santo André decidiu manter a promoção lançada para o duelo contra o São Bento e que levou mais de 1.700 andreenses ao Bruno Daniel na semana passada. Hoje, o torcedor que comparecer ao estádio vestindo a camisa do Ramalhão – vale qualquer época – pode retirar na bilheteria uma entrada gratuita para o duelo diante do Grêmio Catanduvense, às 15h.

“A gente esperava estar numa situação melhor, ter ganhado do São Bento e amanhã (hoje) ser o jogo do acesso. Mas não deixa de ser uma partida decisiva. Queremos o apoio do nosso torcedor, que acreditem junto com a gente e que, se tudo der certo, a gente consiga entrar no G-4”, convidou o volante Marcinho Guerreiro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;