Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Luiz Fernando vai ao TCE para decidir número de comissionados

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Deputado debate com Citadini e Beraldo qual regra de quantidade de assessores nas Câmaras


Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC

17/12/2015 | 07:00


O deputado estadual Luiz Fernando Teixeira (PT) se reuniu com conselheiros do TCE (Tribunal de Contas do Estado) Antonio Roque Citadini e Sidney Estanislau Beraldo em diálogo pautado sobre quadro de funcionários nos parlamentos do Estado. O órgão tem pressionado a Assembleia Legislativa e as Câmaras, exigindo redução no número de comissionados e ampliação de efetivos, estabelecendo prazo para essa equiparação.

“O debate foi amplo em torno de saber como precisam ser estabelecidas essas regras. Foi proveitoso, porque quero entender e ser esse cara da regulamentação efetiva”, pontuou o petista.

Em São Bernardo, território eleitoral de Luiz Fernando, a Câmara foi enquadrada pelo TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) para adequar quadro. O presidente da Câmara são-bernardense, José Luís Ferrarezi (PT), anunciou recentemente a contratação de empresa para realizar concurso público com o objetivo de atender às exigências do TCE.

“Na reunião (com Citadini e Beraldo), usei como base a situação das Câmaras da região, em especial a de São Bernardo, que tem mostrado preocupação e também disposição em definir essa questão. Agora, é preciso concluir essa norma para que não ocorra nenhum exagero na contratação de postos efetivos”, acrescentou.

Em junho, Luiz Fernando, na companhia de Ferrarezi, se reuniu com o procurador-geral do Estado, Márcio Fernando Elias Rosa. Na ocasião, tiveram o reforço do presidente da Assembleia, Fernando Capez (PSDB), e iniciaram os debates a fim de minimizar o embate com o TCE.

Integrante da comissão de prerrogativas no Parlamento estadual, Luiz Fernando descreveu que pretende reunir o maior número de informações para levar à Assembleia projeto considerando as exigências observadas pelos conselheiros do TCE.

“Eles falaram em muitos absurdos que ocorrem ainda em casas de lei, como a abertura ampla de cargos, que funcionam apenas como cabide de emprego. Foi colocado principalmente que a figura do assessor parlamentar precisa ser melhor discriminada por ser auxiliar apenas do deputado ou vereador e não da Casa”, relatou Luiz Fernando

Esbanjando confiança, Luiz Fernando acredita que as primeiras ações concretas deverão ser anunciadas no ano que vem. “A expectativa é que em 2016 possamos traçar os primeiros passos mais sólidos para destravar todo esse imbróglio.” 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Luiz Fernando vai ao TCE para decidir número de comissionados

Deputado debate com Citadini e Beraldo qual regra de quantidade de assessores nas Câmaras

Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC

17/12/2015 | 07:00


O deputado estadual Luiz Fernando Teixeira (PT) se reuniu com conselheiros do TCE (Tribunal de Contas do Estado) Antonio Roque Citadini e Sidney Estanislau Beraldo em diálogo pautado sobre quadro de funcionários nos parlamentos do Estado. O órgão tem pressionado a Assembleia Legislativa e as Câmaras, exigindo redução no número de comissionados e ampliação de efetivos, estabelecendo prazo para essa equiparação.

“O debate foi amplo em torno de saber como precisam ser estabelecidas essas regras. Foi proveitoso, porque quero entender e ser esse cara da regulamentação efetiva”, pontuou o petista.

Em São Bernardo, território eleitoral de Luiz Fernando, a Câmara foi enquadrada pelo TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) para adequar quadro. O presidente da Câmara são-bernardense, José Luís Ferrarezi (PT), anunciou recentemente a contratação de empresa para realizar concurso público com o objetivo de atender às exigências do TCE.

“Na reunião (com Citadini e Beraldo), usei como base a situação das Câmaras da região, em especial a de São Bernardo, que tem mostrado preocupação e também disposição em definir essa questão. Agora, é preciso concluir essa norma para que não ocorra nenhum exagero na contratação de postos efetivos”, acrescentou.

Em junho, Luiz Fernando, na companhia de Ferrarezi, se reuniu com o procurador-geral do Estado, Márcio Fernando Elias Rosa. Na ocasião, tiveram o reforço do presidente da Assembleia, Fernando Capez (PSDB), e iniciaram os debates a fim de minimizar o embate com o TCE.

Integrante da comissão de prerrogativas no Parlamento estadual, Luiz Fernando descreveu que pretende reunir o maior número de informações para levar à Assembleia projeto considerando as exigências observadas pelos conselheiros do TCE.

“Eles falaram em muitos absurdos que ocorrem ainda em casas de lei, como a abertura ampla de cargos, que funcionam apenas como cabide de emprego. Foi colocado principalmente que a figura do assessor parlamentar precisa ser melhor discriminada por ser auxiliar apenas do deputado ou vereador e não da Casa”, relatou Luiz Fernando

Esbanjando confiança, Luiz Fernando acredita que as primeiras ações concretas deverão ser anunciadas no ano que vem. “A expectativa é que em 2016 possamos traçar os primeiros passos mais sólidos para destravar todo esse imbróglio.” 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;