Fechar
Publicidade

Domingo, 11 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Tasso Jereissati se reúne com Alckmin e FHC em São Paulo

EBC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


19/10/2017 | 18:16


Um dia depois de defender a saída definitiva do senador Aécio Neves da presidência do PSDB, o presidente interino do partido, senador Tasso Jereissati (PB), veio à capital paulista se encontrar com o governador Geraldo Alckmin e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O encontro acontece no apartamento de FHC, no bairro de Higienópolis, zona central, e começou por volta das 15h45. Há pouco, Alckmin deixou o local.

Aécio está afastado do comando do PSDB desde maio, quando foi revelada a delação da JBS, que o implicou diretamente. Na terça-feira, 17, o Senado derrubou as medidas cautelares impostas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ao mineiro, que pode retomar o posto na Casa.

Agora, uma parcela dos integrantes da sigla querem que Aécio deixe o comando do PSDB para minimizar os danos à imagem do partido. O mineiro, no entanto, ainda não deu sinais claros do que pretende fazer.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tasso Jereissati se reúne com Alckmin e FHC em São Paulo


19/10/2017 | 18:16


Um dia depois de defender a saída definitiva do senador Aécio Neves da presidência do PSDB, o presidente interino do partido, senador Tasso Jereissati (PB), veio à capital paulista se encontrar com o governador Geraldo Alckmin e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O encontro acontece no apartamento de FHC, no bairro de Higienópolis, zona central, e começou por volta das 15h45. Há pouco, Alckmin deixou o local.

Aécio está afastado do comando do PSDB desde maio, quando foi revelada a delação da JBS, que o implicou diretamente. Na terça-feira, 17, o Senado derrubou as medidas cautelares impostas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ao mineiro, que pode retomar o posto na Casa.

Agora, uma parcela dos integrantes da sigla querem que Aécio deixe o comando do PSDB para minimizar os danos à imagem do partido. O mineiro, no entanto, ainda não deu sinais claros do que pretende fazer.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;