Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Alckmin tem 53% e Skaf, 22%, em SP, segundo Datafolha



04/09/2014 | 04:06


O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), venceria no primeiro turno com 53% das intenções de voto a disputa pelo governo do Estado caso a eleição fosse hoje. Alckmin oscilou dois pontos porcentuais para baixo desde o último levantamento. Segundo pesquisa Datafolha divulgada pela Folha de S. Paulo, nesta quinta-feira, Paulo Skaf (PMDB) subiu seis pontos, para 22% das intenções, seguido de Alexandre Padilha (PT), que oscilou de 5% para 7%.

Gilberto Natalini (PV), Raimundo Sena (PCO) e Laércio Benko (PHS) têm 1% das intenções cada. Gilberto Maringoni (PSOL), Wagner Farias (PCB) e Walter Ciglioni (PRTB) não pontuaram. Brancos e nulos somam 8%. Até às 3h20, a Folha de S. Paulo não havia publicado o porcentual de indecisos.

Taxa de rejeição

Às 3h20, a Folha de S. Paulo informava apenas a taxa de rejeição do petista. O porcentual de eleitores que declararam não votar de jeito nenhum no candidato passou de 28%, na primeira quinzena de agosto, para 37%, agora.

Senado

A disputa por uma vaga no Senado continua está empatada: José Serra (PSDB) tem 35% das intenções de voto, seguido por Eduardo Suplicy (PT), com 32%. Os dois candidatos oscilaram dois pontos entre a última pesquisa e a atual. Já Gilberto Kassab (PSD) tem 8%.

O levantamento do Datafolha foi feito entre os dias 02 e 03 de setembro, com 2.054 eleitores em 56 municípios do Estado de São Paulo. A pesquisa, contratada pela Folha de S. Paulo e pela TV Globo, foi registrada junto à Justiça Eleitoral sob o protocolo SP-00023/2014 e tem margem de erro máxima de 2 pontos porcentuais e nível de confiança de 95%.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;