Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Donisete projeta construir na área do Paço centro de convenções integrado ao Parque da Juventude

Marina Brandão/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ideia, porém, só sairia do papel por meio de PPP e em eventual 2º mandato


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

23/11/2015 | 07:00


O prefeito de Mauá, Donisete Braga (PT), projeta construir futuramente centro de convenções na área onde está localizado o Paço. A ideia, entretanto, só sairá do papel se o projeto for custeado por meio de PPP (Parceria Público-Privada) e concretizado em longo prazo, em eventual segundo governo.

O projeto de Donisete, que não tem prazo para ser executado, prevê canalizar o piscinão localizado na região do Paço e integrar o complexo ao Parque da Juventude, que está sendo revitalizado e será entregue em janeiro. “A ideia é um projeto grande que demanda parceria. A questão do centro de convenções é uma demanda que está colocada, para fazer encontros, congresso, seminários, simpósios de empresas e indústrias. Os grandes municípios têm. O centro de convenções poderia atender o Grande ABC também, em função do Rodoanel, que está instalado”, explicou Donisete.

O chefe do Executivo reconhece que dificilmente o projeto será concretizado em momento de crise econômica, mas coloca a PPP como alternativa viável. O chefe do Executivo, inclusive, tem apostado nas parcerias com a iniciativa privada para solucionar problemas da cidade, como o sucateamento da rede de distribuição de água na cidade e a modernização da iluminação pública.

“O centro de convenções é uma demanda que está dada. Agora, o momento econômico do País não permite um investimento dessa magnitude. Mas é um projeto para se pensar lá na frente. Hoje, a PPP é uma necessidade, pois você tem que buscar investidores para poder minimizar o gasto e os investimentos do tesouro”, pontuou o petista.

REFORMA DO PAÇO
No ano passado, Donisete chegou a cogitar lançar PPP para reforma geral do prédio. Pela ideia, que não chegou a avançar, a administração investiria R$ 118 milhões ao longo de 30 anos para modernizar as instalações e centralizar serviços que funcionam fora do prédio da Prefeitura.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Donisete projeta construir na área do Paço centro de convenções integrado ao Parque da Juventude

Ideia, porém, só sairia do papel por meio de PPP e em eventual 2º mandato

Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

23/11/2015 | 07:00


O prefeito de Mauá, Donisete Braga (PT), projeta construir futuramente centro de convenções na área onde está localizado o Paço. A ideia, entretanto, só sairá do papel se o projeto for custeado por meio de PPP (Parceria Público-Privada) e concretizado em longo prazo, em eventual segundo governo.

O projeto de Donisete, que não tem prazo para ser executado, prevê canalizar o piscinão localizado na região do Paço e integrar o complexo ao Parque da Juventude, que está sendo revitalizado e será entregue em janeiro. “A ideia é um projeto grande que demanda parceria. A questão do centro de convenções é uma demanda que está colocada, para fazer encontros, congresso, seminários, simpósios de empresas e indústrias. Os grandes municípios têm. O centro de convenções poderia atender o Grande ABC também, em função do Rodoanel, que está instalado”, explicou Donisete.

O chefe do Executivo reconhece que dificilmente o projeto será concretizado em momento de crise econômica, mas coloca a PPP como alternativa viável. O chefe do Executivo, inclusive, tem apostado nas parcerias com a iniciativa privada para solucionar problemas da cidade, como o sucateamento da rede de distribuição de água na cidade e a modernização da iluminação pública.

“O centro de convenções é uma demanda que está dada. Agora, o momento econômico do País não permite um investimento dessa magnitude. Mas é um projeto para se pensar lá na frente. Hoje, a PPP é uma necessidade, pois você tem que buscar investidores para poder minimizar o gasto e os investimentos do tesouro”, pontuou o petista.

REFORMA DO PAÇO
No ano passado, Donisete chegou a cogitar lançar PPP para reforma geral do prédio. Pela ideia, que não chegou a avançar, a administração investiria R$ 118 milhões ao longo de 30 anos para modernizar as instalações e centralizar serviços que funcionam fora do prédio da Prefeitura.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;