Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Cingapura vê GP-Brasil 'de camarote'


Do Diário do Grande ABC

11/04/1999 | 13:17


Fabiana Brito, de 13 anos, mora no último andar do bloco 7 do Conjunto Cingapura, em frente ao autodromo de Interlagos. Todo dia enfrenta sete lances de escada pra chegar ao se apartamento. "Mesmo assim, meus amigos me chama de sortuda". Nao é à toa: as duas janelas de seu apartamento têm vista para a pista de corrida. "Todo ano vem gente assistir a Fórmula-1 aqui em casa", conta. Para este domingo, Fabiana espera a visita de três amigos. "Vale a pena ver toda à coorrida do quarto da minha mae", conta, apontando para os carros que treinam no autódromo.

A primeira visita do apartamento 73 chegou ainda na noite da sábado. "Vim dormir aqui para nao perder nada", diz a aposentada Geni Peres, amiga da mae de Fabiana, a costureira Maria de Fátima Brito. "Eu nunca teria R$ 118,00 para ver a corrida ", disse Geni.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cingapura vê GP-Brasil 'de camarote'

Do Diário do Grande ABC

11/04/1999 | 13:17


Fabiana Brito, de 13 anos, mora no último andar do bloco 7 do Conjunto Cingapura, em frente ao autodromo de Interlagos. Todo dia enfrenta sete lances de escada pra chegar ao se apartamento. "Mesmo assim, meus amigos me chama de sortuda". Nao é à toa: as duas janelas de seu apartamento têm vista para a pista de corrida. "Todo ano vem gente assistir a Fórmula-1 aqui em casa", conta. Para este domingo, Fabiana espera a visita de três amigos. "Vale a pena ver toda à coorrida do quarto da minha mae", conta, apontando para os carros que treinam no autódromo.

A primeira visita do apartamento 73 chegou ainda na noite da sábado. "Vim dormir aqui para nao perder nada", diz a aposentada Geni Peres, amiga da mae de Fabiana, a costureira Maria de Fátima Brito. "Eu nunca teria R$ 118,00 para ver a corrida ", disse Geni.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;