Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Jairo prevê time com 14 atletas da base

Anderson Silva 3/11/15 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Presidente do Santo André mostra arrependimento por ter apostado em veteranos na última Série A-2 do Paulista


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

07/11/2015 | 07:00


Time composto por 14 jogadores das categorias de base e 14 atletas experientes, porém com menos de 30 anos. Estes serão os perfis do Santo André para a Série A-2 do Paulista em 2016. O presidente Jairo Livolis disse que já tem contatos encaminhados com os possíveis reforços, mas quer esperar a efetivação da contratação do técnico Luciano Dias para finalizar as negociações.

“Já começamos a conversar sobre reforços. Agora iremos disparar as iniciativas de contratações encaixando a necessidade do Luciano com as ideias que nós, da diretoria, temos para começar o mais rápido possível a compor o grupo que vai fazer parte do Paulista. Vamos trabalhar neste mês e em dezembro para formar o quanto antes um time capaz de voltar à Série A-1”, disse Livolis.

Um dos problemas enfrentados pelo Santo André é a falta de dinheiro, já que o clube não conta com grandes investidores nem boas rendas na bilheteria. Os recursos para a montagem do time devem vir da verba disponibilizada pela Federação Paulista de Futebol, que será revelada no conselho arbitral marcado para segunda-feira. A expectativa é que cada clube da Série A-2 receba R$ 500 mil.

(O investimento) É um problema. A crise que domina o País torna tudo mais difícil e estamos procurando superar as dificuldades. Queremos ter condições financeiras que garantam o projeto que estamos montando. Este projeto se apoia no aproveitamento dos jogadores da base, em grupo de 13 ou 14 meninos, o que faz com que o custo diminua. Pretendemos trazer até 14 prontos para formar mix entre a meninada e os experientes”, explicou Livolis.

Experiência, no entanto, não significa idade avançada. O presidente disse ter aprendido com os erros cometidos nesta temporada. “Neste ano tivemos grupo com idade avançanda porque quisemos manter a equipe de 2014. Mas o arrependimento foi muito grande porque na Série A-2 vários mostraram que a idade pesou, meia dúzia de jogadores importantes que acreditávamos que iriam fazer a diferença sucumbiram por conta da idade: Ramalho, (Renato) Peixe e outros. Por isso queremos time mais jovem. Jogadores experientes, mas que fujam desta idade de risco”, explicou.

Além de montar o time, Livolis está de olho na reforma do Estádio Bruno Daniel, mas isto parece não preocupar muito o dirigente. “As obras foram retomadas pela Prefeitura, a promessa do prefeito (Carlos Grana-PT) é que nós teremos o estádio prontinho para o Paulista, com o novo setor de arquibancadas concluído. A única dúvida que temos são os novos vestiários, não saberemos se estarão terminados. O campo de jogo já está perfeito, então vamos ter novo Bruno Daniel para a Série A-2”, garantiu Livolis.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jairo prevê time com 14 atletas da base

Presidente do Santo André mostra arrependimento por ter apostado em veteranos na última Série A-2 do Paulista

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

07/11/2015 | 07:00


Time composto por 14 jogadores das categorias de base e 14 atletas experientes, porém com menos de 30 anos. Estes serão os perfis do Santo André para a Série A-2 do Paulista em 2016. O presidente Jairo Livolis disse que já tem contatos encaminhados com os possíveis reforços, mas quer esperar a efetivação da contratação do técnico Luciano Dias para finalizar as negociações.

“Já começamos a conversar sobre reforços. Agora iremos disparar as iniciativas de contratações encaixando a necessidade do Luciano com as ideias que nós, da diretoria, temos para começar o mais rápido possível a compor o grupo que vai fazer parte do Paulista. Vamos trabalhar neste mês e em dezembro para formar o quanto antes um time capaz de voltar à Série A-1”, disse Livolis.

Um dos problemas enfrentados pelo Santo André é a falta de dinheiro, já que o clube não conta com grandes investidores nem boas rendas na bilheteria. Os recursos para a montagem do time devem vir da verba disponibilizada pela Federação Paulista de Futebol, que será revelada no conselho arbitral marcado para segunda-feira. A expectativa é que cada clube da Série A-2 receba R$ 500 mil.

(O investimento) É um problema. A crise que domina o País torna tudo mais difícil e estamos procurando superar as dificuldades. Queremos ter condições financeiras que garantam o projeto que estamos montando. Este projeto se apoia no aproveitamento dos jogadores da base, em grupo de 13 ou 14 meninos, o que faz com que o custo diminua. Pretendemos trazer até 14 prontos para formar mix entre a meninada e os experientes”, explicou Livolis.

Experiência, no entanto, não significa idade avançada. O presidente disse ter aprendido com os erros cometidos nesta temporada. “Neste ano tivemos grupo com idade avançanda porque quisemos manter a equipe de 2014. Mas o arrependimento foi muito grande porque na Série A-2 vários mostraram que a idade pesou, meia dúzia de jogadores importantes que acreditávamos que iriam fazer a diferença sucumbiram por conta da idade: Ramalho, (Renato) Peixe e outros. Por isso queremos time mais jovem. Jogadores experientes, mas que fujam desta idade de risco”, explicou.

Além de montar o time, Livolis está de olho na reforma do Estádio Bruno Daniel, mas isto parece não preocupar muito o dirigente. “As obras foram retomadas pela Prefeitura, a promessa do prefeito (Carlos Grana-PT) é que nós teremos o estádio prontinho para o Paulista, com o novo setor de arquibancadas concluído. A única dúvida que temos são os novos vestiários, não saberemos se estarão terminados. O campo de jogo já está perfeito, então vamos ter novo Bruno Daniel para a Série A-2”, garantiu Livolis.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;