Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Russomanno vê cenário mais favorável que 2012

Celso Luiz  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Deputado crê que atual candidatura à Prefeitura da Capital é ‘mais sólida’ que pleito passado


Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

08/11/2015 | 07:00


Pré-candidato à prefeitura de São Paulo, o deputado federal Celso Russomanno (PRB) disse acreditar que o cenário para a eleição de 2016 na Capital é “mais sólido” que o da campanha de 2012, quando despontou na liderança durante quase todo o processo eleitoral, mas sequer foi ao segundo turno – vencido pelo atual prefeito Fernando Haddad (PT).

O parlamentar esteve ontem em São Caetano e participou de encontro com o prefeito Paulo Pinheiro (PMDB), que disputará a reeleição. “Naquela época, (o PRB) tinha pouco tempo de televisão (para propaganda eleitoral), pouca estrutura (financeira). Hoje é diferente. Temos mais tempo de televisão e mais partidos vão nos apoiar. Tudo isso conta. Os anos vão passando e a população me para nas ruas e se mostra arrependida de não ter votado em mim. Hoje o voto é mais consistente”, avaliou Russomanno, que sacramentou apoio de sua legenda ao projeto de reeleição de Pinheiro.

A um ano do pleito, Russomanno falou pela primeira vez após pesquisa publicada pelo Datafolha na semana passada, em que aparece isolado na liderança, com 34% de intenção de voto. Na sondagem, o republicano deixa para trás a senadora e ex-prefeita Marta Suplicy (PMDB), lembrada por 13% dos eleitores, o apresentador José Luiz Datena (PP), com 13%, e Haddad, que está com 12%.

Ainda segundo Russomanno, há falhas na gestão petista que justificam o grau de rejeição de seu governo, como a polêmica das construções das ciclovias. “É preciso calcular o impacto que isso gera no trânsito, onde podem ser feitas ou não. Além disso, é necessário ter estrutura. Se a pessoa vai com a bicicleta para o trabalho, precisa ter onde deixar com segurança”, analisa o parlamentar, que também citou as reduções no limite de velocidade em diversas vias paulistanas. “Não existe estudo para isso. Ele (Haddad) simplesmente baixou (o limite de velocidade)”, criticou.

Russomanno ainda questiona a falta de campanhas de educação e orientação de trânsito. “O dinheiro proveniente de arrecadação de multas, que deveria ser gasto com a Educação, para monitoramento e sinalização, não está sendo empregado para isso”.


APOIO
Russomanno aproveitou a visita a São Caetano para reiterar apoio a Pinheiro em 2016. “Temos um projeto para o município. Vamos fazer o Procon da cidade ser ativo”, garantiu. Segundo o republicano, em conversa realizada em Brasília, há alguns meses, Pinheiro sentiu a necessidade de reformular a entidade de defesa do consumidor. “O Procon vai atuar na questão das filas bancárias e em relação aos problemas com telefonia. Vamos fazer com que o órgão seja ativo e faça a defesa do cidadão antes mesmo da reclamação”.

Para Pinheiro, o apoio do PRB e de Russomanno é importante. “Estarão junto com a gente em nosso compromisso público com o cidadão, que ainda tem muitos frutos e benefícios a trazer para a população”, frisou o peemedebista.

Na sexta-feira, o presidente nacional do partido, Marcos Pereira, também confirmou adesão da sigla à reeleição do prefeito de Mauá, Donisete Braga (PT). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Russomanno vê cenário mais favorável que 2012

Deputado crê que atual candidatura à Prefeitura da Capital é ‘mais sólida’ que pleito passado

Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

08/11/2015 | 07:00


Pré-candidato à prefeitura de São Paulo, o deputado federal Celso Russomanno (PRB) disse acreditar que o cenário para a eleição de 2016 na Capital é “mais sólido” que o da campanha de 2012, quando despontou na liderança durante quase todo o processo eleitoral, mas sequer foi ao segundo turno – vencido pelo atual prefeito Fernando Haddad (PT).

O parlamentar esteve ontem em São Caetano e participou de encontro com o prefeito Paulo Pinheiro (PMDB), que disputará a reeleição. “Naquela época, (o PRB) tinha pouco tempo de televisão (para propaganda eleitoral), pouca estrutura (financeira). Hoje é diferente. Temos mais tempo de televisão e mais partidos vão nos apoiar. Tudo isso conta. Os anos vão passando e a população me para nas ruas e se mostra arrependida de não ter votado em mim. Hoje o voto é mais consistente”, avaliou Russomanno, que sacramentou apoio de sua legenda ao projeto de reeleição de Pinheiro.

A um ano do pleito, Russomanno falou pela primeira vez após pesquisa publicada pelo Datafolha na semana passada, em que aparece isolado na liderança, com 34% de intenção de voto. Na sondagem, o republicano deixa para trás a senadora e ex-prefeita Marta Suplicy (PMDB), lembrada por 13% dos eleitores, o apresentador José Luiz Datena (PP), com 13%, e Haddad, que está com 12%.

Ainda segundo Russomanno, há falhas na gestão petista que justificam o grau de rejeição de seu governo, como a polêmica das construções das ciclovias. “É preciso calcular o impacto que isso gera no trânsito, onde podem ser feitas ou não. Além disso, é necessário ter estrutura. Se a pessoa vai com a bicicleta para o trabalho, precisa ter onde deixar com segurança”, analisa o parlamentar, que também citou as reduções no limite de velocidade em diversas vias paulistanas. “Não existe estudo para isso. Ele (Haddad) simplesmente baixou (o limite de velocidade)”, criticou.

Russomanno ainda questiona a falta de campanhas de educação e orientação de trânsito. “O dinheiro proveniente de arrecadação de multas, que deveria ser gasto com a Educação, para monitoramento e sinalização, não está sendo empregado para isso”.


APOIO
Russomanno aproveitou a visita a São Caetano para reiterar apoio a Pinheiro em 2016. “Temos um projeto para o município. Vamos fazer o Procon da cidade ser ativo”, garantiu. Segundo o republicano, em conversa realizada em Brasília, há alguns meses, Pinheiro sentiu a necessidade de reformular a entidade de defesa do consumidor. “O Procon vai atuar na questão das filas bancárias e em relação aos problemas com telefonia. Vamos fazer com que o órgão seja ativo e faça a defesa do cidadão antes mesmo da reclamação”.

Para Pinheiro, o apoio do PRB e de Russomanno é importante. “Estarão junto com a gente em nosso compromisso público com o cidadão, que ainda tem muitos frutos e benefícios a trazer para a população”, frisou o peemedebista.

Na sexta-feira, o presidente nacional do partido, Marcos Pereira, também confirmou adesão da sigla à reeleição do prefeito de Mauá, Donisete Braga (PT). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;