Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 29 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Em meio à crise, Marinho propõe 20% de aumento em seu salário

Anderson Silva/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Se aprovado, subsídio mensal de prefeito
de São Bernardo passará para R$ 30,6 mil


Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC

21/03/2016 | 07:00


Em meio à crise financeira que assola o País, afetando inúmeros setores, inclusive gestões públicas, o prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho (PT), enviou à Câmara proposta em que solicita reajuste em 19,61% de seu salário mensal, do vice-prefeito, Frank Aguiar (PRB), e de seu secretariado, composto por 32 nomes. A proposta, retroativa a 1º de março, será votada na quarta-feira pelos vereadores e, se aprovada, elevará o subsídio mensal de Marinho para R$ 30.620. Atualmente seu recebimento bruto é de R$ 25.604,69, o maior entre os prefeitos da região. Em relação a Frank, a remuneração saltará de R$ 12.800 para R$ 15.310 e aos secretários o valor a ser contabilizado será de R$ 22.984, ante R$ 19.216.

A proposta está amparada pela LOM (Lei Orgânica do Município), que detalha que o chefe do Executivo acompanhe o acréscimo salarial dos servidores. No entanto, o tema foi duramente criticado pela bancada de oposição, sob a justificativa da imoralidade.

O texto foi colocado em pauta na quarta-feira passada, junto com o projeto de lei que firmou reajuste ao funcionalismo de São Bernardo em 19,61%, também retroativos a 1º de março. O valor é resultado de acordo firmado no ano passado entre o Sindserv (Sindicato dos Funcionários Públicos) e a Prefeitura, que encerrou greve de 22 dias da categoria. O índice oficializado prevê a reposição inflacionária de 2015 e 2016.

Após os vereadores avalizarem a matéria dos servidores, o líder do governo de Marinho, José Ferreira (PT), pediu adiamento da proposta aos vencimentos de Marinho. Na sessão, alguns governistas estavam ausentes do plenário.

“Não tinha condições para votar. Se colocasse para votação a gente ia perder. Parte dos vereadores quer fazer discurso demagógico. Prefeito, vice e secretários são servidores e trabalhadores também”, apontou Zé Ferreira.

“O prefeito está ferindo o princípio moral da situação ao propor tamanho reajuste em meio a uma crise financeira e econômica no País. Além disso, está comprovada a pouca efetividade do vice-prefeito na cidade e ainda ele terá aumento?”, indagou um os líderes da oposição, Julinho Fuzari (PPS). No ano passado, Diário mostrou que o vice-prefeito quase não era visto na cidade e que comandava programa de televisão no Nordeste.

CONTRAMÃO
A posição adotada por Marinho contrasta com o posicionamento adotado por sua correligionária, a presidente Dilma Rousseff (PT) que solicitou redução salarial de 10%. A matéria já foi aprovada na Câmara e tramita no Senado. Dilma irá rebaixar seus vencimentos de R$ 30.934,70 para R$ 27.841,23. Ou seja, se Marinho garantir o aumento poderá receber mensalmente mais que a chefe da Nação. Seu salário já é superior ao do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que recebe por mês R$ 21.631.

Funcionalismo assegura acréscimo em vencimentos a partir deste mês

Os vereadores de São Bernardo aprovaram na quarta-feira reajuste de 19,61% aos servidores públicos da cidade. O aumento salarial se deu após acordo, realizado no ano passado entre a Prefeitura e o Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos), depois de 22 dias de greve – a maior já registrada entre a categoria no município. O percentual é o acumulado dos índices inflacionários de 2015 e 2016, com base em estudo com base no ICV (Índice de Custo de Vida) do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

O secretário de Administração e Modernização Administrativa, Augusto Guamieri Pereira, informou que o impacto na folha salarial será de R$ 197 milhões neste ano. “Precisamos cumprir o que foi prometido”, disse. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;