Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Candidato a prefeito sim; a síndico, não


Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

07/02/2015 | 07:00


As discussões pelas redes sociais estão cada vez mais intensas. Tanto em quantidade quanto em conteúdo. Uma das últimas sobre o cenário político de Santo André teve como ator principal o ex-secretário de Cultura Raimundo Salles (PPS). O debate ocorreu sobre a candidatura ou não do popular-socialista ao Paço andreense. Recentemente ele deixou o PDT e anunciou o projeto de disputar a Prefeitura em 2016 pelo novo partido. Agora, muitos não estão acreditando. No meio da discussão, um dos interlocutores disse que ele não venceria nem uma eleição para síndico de prédio. Momento em que um ex-assessor de Salles afirmou que o advogado já havia concorrido e perdido. Surpreendentemente, Salles surgiu para comentar a situação e se defender. “Informo que nunca disputei eleição de síndico, trata-se de uma informação mentirosa. Quanto à posição do PPS de Santo André, a candidatura própria é fato certo. Não vamos tolerar mentiras. Democracia com responsabilidade”, discorreu o ex-secretário, que concorreu ao Executivo em 2008 e 2012, em ambas terceiro colocado. Uma pergunta ficará sem resposta: na hipótese de Salles pleitar a função de síndico do seu prédio, será que ele venceria?

Boca fechada
Depois de muito tempo ausente da Câmara de Diadema, José Augusto da Silva Ramos (PSDB) passeou pela sessão de quinta-feira. O hoje secretário de Saúde distribuiu sorrisos e abraços, numa atitude que não tem sido muito do seu cotidiano. Indagado sobre futuro político, disse não estar autorizado a falar do assunto pelo prefeito Lauro Michels (PV).

Reforço?
Presidente estadual do PTB, deputado Campos Machado recebeu ontem o ex-prefeito de Rio Grande da Serra Adler Kiko Teixeira (PSC) e o primeiro suplente de vereador do PSDB de Diadema, Taka Yamauchi, que foi convidado a ingressar no clube petebista. A sigla, que rachou com o prefeito Lauro Michels (PV), está se reforçando para dar trabalho ao verde.

Apareceu a placa
A Prefeitura de Mauá tem cortado o mato alto às margens da Avenida dos Estados. A execução desse trabalho vais causar problema aos candidatos da eleição do ano passado, pois têm surgido placas de divulgação dos políticos na beira da pista. O material tem de ser retirado por eles. Ou vão deixar o mato crescer de novo para escondê-los outra vez? 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;