Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Maquiagem é trunfo na ginástica rítmica

Celso Luiz/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Atletas gastam mais de uma hora para manter visual perfeito antes de se apresentar aos juízes


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

19/11/2017 | 07:00


A ginástica rítmica é, sem dúvida, um dos esportes visualmente mais bonitos. O que pouca gente imagina é o trabalho que as atletas fazem nos bastidores para se apresentarem impecáveis aos jurados. Além das acrobacias e do controle dos aparelhos, o visual e a postura corporal contam pontos importantes para as notas.

Prova que a aparência pode decidir uma medalha nos Jogos Abertos é Letícia Fonseca, 15 anos, que defende a cidade de Hortolândia. Ela assumiu que pouco antes de entrar no tablado gasta o tempo que for necessário para que a sua maquiagem fique perfeita.

“Eu mesmo que faço a produção. Gasto pelo menos uma hora para deixar tudo certinho, porque isso conta bastante na hora da apresentação e na decisão dos juízes”, contou.

Coincidentemente ou não, Letícia foi o grande nome de ontem na modalidade. Ela conquistou para Hortolândia duas medalhas individuais – ouro na bola e prata na fita –, além de ajudar a cidade a vencer a competição no geral.

Com o público-alvo na porta de casa, a consultora Munyki Freiesleben aproveitou para montar um stand com todo tipo de maquiagem dentro do Ginásio Armando Corujeira, em São Caetano, onde acontece a competição. A ideia é atender as meninas que esqueceram a maquiagem em casa ou precisam de algo de última hora.

“Eu trouxe as maquiagens para vender e tem bastante procura. Algumas meninas vêm por necessidade e outras apenas para comprar como recordação antes de voltar para casa. É muito comum ter esse tipo de serviço nas competições de ginástica rítmica porque a maquiagem faz parte da modalidade”, conta Munyki. “Espero vender pelo menos R$ 500 durante os Jogos Abertos”, projeta ela, lembrando que a modalidade será disputada até amanhã.

São Bernardo fatura ouro na estreia do badminton nos Jogos
O badminton fez sua estreia como modalidade oficial dos Jogos Abertos e deu a São Bernardo o título da Primeira Divisão masculina até 21 anos, ontem, no Centro de Treinamento de Badminton, no Rudge Ramos, inaugurado recentemente. O pódio foi completado por Mogi das Cruzes e Mococa.

São Bernardo tem grandes chances de conquistar o ponto mais alto do pódio na disputa da Primeira Divisão livre feminina, que será hoje.

Um dos destaques da equipe são-bernardense foi o atleta Vinícius Gori, 19 anos, que venceu todas as partidas que disputou tanto na categoria simples como nas duplas.

“Os Jogos Abertos são uma grande vitrine para os atletas mostrarem o seu talento. Não é sempre que é possível participar de competições oficiais e, nos Abertos, temos a chance de entrar em ação e, além disso, conhecer outros adversários”, afirmou Gori.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Maquiagem é trunfo na ginástica rítmica

Atletas gastam mais de uma hora para manter visual perfeito antes de se apresentar aos juízes

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

19/11/2017 | 07:00


A ginástica rítmica é, sem dúvida, um dos esportes visualmente mais bonitos. O que pouca gente imagina é o trabalho que as atletas fazem nos bastidores para se apresentarem impecáveis aos jurados. Além das acrobacias e do controle dos aparelhos, o visual e a postura corporal contam pontos importantes para as notas.

Prova que a aparência pode decidir uma medalha nos Jogos Abertos é Letícia Fonseca, 15 anos, que defende a cidade de Hortolândia. Ela assumiu que pouco antes de entrar no tablado gasta o tempo que for necessário para que a sua maquiagem fique perfeita.

“Eu mesmo que faço a produção. Gasto pelo menos uma hora para deixar tudo certinho, porque isso conta bastante na hora da apresentação e na decisão dos juízes”, contou.

Coincidentemente ou não, Letícia foi o grande nome de ontem na modalidade. Ela conquistou para Hortolândia duas medalhas individuais – ouro na bola e prata na fita –, além de ajudar a cidade a vencer a competição no geral.

Com o público-alvo na porta de casa, a consultora Munyki Freiesleben aproveitou para montar um stand com todo tipo de maquiagem dentro do Ginásio Armando Corujeira, em São Caetano, onde acontece a competição. A ideia é atender as meninas que esqueceram a maquiagem em casa ou precisam de algo de última hora.

“Eu trouxe as maquiagens para vender e tem bastante procura. Algumas meninas vêm por necessidade e outras apenas para comprar como recordação antes de voltar para casa. É muito comum ter esse tipo de serviço nas competições de ginástica rítmica porque a maquiagem faz parte da modalidade”, conta Munyki. “Espero vender pelo menos R$ 500 durante os Jogos Abertos”, projeta ela, lembrando que a modalidade será disputada até amanhã.

São Bernardo fatura ouro na estreia do badminton nos Jogos
O badminton fez sua estreia como modalidade oficial dos Jogos Abertos e deu a São Bernardo o título da Primeira Divisão masculina até 21 anos, ontem, no Centro de Treinamento de Badminton, no Rudge Ramos, inaugurado recentemente. O pódio foi completado por Mogi das Cruzes e Mococa.

São Bernardo tem grandes chances de conquistar o ponto mais alto do pódio na disputa da Primeira Divisão livre feminina, que será hoje.

Um dos destaques da equipe são-bernardense foi o atleta Vinícius Gori, 19 anos, que venceu todas as partidas que disputou tanto na categoria simples como nas duplas.

“Os Jogos Abertos são uma grande vitrine para os atletas mostrarem o seu talento. Não é sempre que é possível participar de competições oficiais e, nos Abertos, temos a chance de entrar em ação e, além disso, conhecer outros adversários”, afirmou Gori.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;