Fechar
Publicidade

Sábado, 12 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Papa pede referência ao cristianismo na Constituição européia


Da AFP

07/11/2003 | 12:46


O papa João Paulo II afirmou, nesta sexta-feira, que considera "lógico" incluir uma menção "explícita" às raízes cristãs da Europa na futura Constituição da União Européia.

"O cristianismo foi uma força capaz de promover, reconciliar e reforçar os valores mais importante da Europa. Por isso parece lógico que a futura Constituição européia, que deve representar a unidade na diversidade, mencione explicitamente as raízes cristãs do continente", declarou o Sumo Pontífice.

O papa se pronunciou de novo sobre esse tema aos participantes de uma reunião organizada pela Fundação Robert Schuman para a cooperação entre democrata-cristãos. "Termina por ser injusto que a Europa de nossos dias esconda a contribuição essencial dada pelos cristãos à queda dos regimes opressivos de todo tipo e na construção de uma autêntica democracia", afirmou o papa.

A referência ao cristianismo no projeto de Constituição foi pedida em diversas ocasiões pelo religioso, com o apoio de países como Itália, Polônia, Espanha e Portugal. Mas outros países, como França e Inglaterra, se opõem à referência ao cristianismo, pois defendem o princípio de uma Carta Magna laica.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;