Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Fabricantes de pneus de bicicleta denunciam chineses



22/06/2005 | 08:14


As importações de pneus de bicicletas da China ameaçam 2,5 mil empregos diretos e sete mil indiretos, segundo dados apresentados ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior pela Força Sindical e pelo Sindicato Nacional da Indústria de Pneumáticos. Os sindicalistas solicitaram ao governo que restabeleça ações antidumping contra a China.

O pedido dos fabricantes de pneus acontece em paralelo às ações de outros setores da economia, como brinquedos e têxteis, que se preparam para levar ao governo pedidos de salvaguardas, na esteira da decisão de Brasília de regulamentar o mecanismo de proteção contra produtos chineses.

Segundo comunicado da Força Sindical, as medidas antidumping para pneus de bicicleta vigoraram entre 2002 e 2003, período em que as importações zeraram. No entanto, foram suspensas por conta da viagem do presidente Luis Inácio Lula da Silva à China no ano passado. A partir daí, as compras vêm sendo retomadas de forma crescente. No primeiro semestre deste ano, subiram 48% em relação ao mesmo período do ano passado. O preço dos pneus produzidos na China neste ano está na casa de US$ 1,2 o quilo, enquanto no Brasil, US$ 2,5 o quilo, segundo os dados apresentados ao ministério.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fabricantes de pneus de bicicleta denunciam chineses


22/06/2005 | 08:14


As importações de pneus de bicicletas da China ameaçam 2,5 mil empregos diretos e sete mil indiretos, segundo dados apresentados ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior pela Força Sindical e pelo Sindicato Nacional da Indústria de Pneumáticos. Os sindicalistas solicitaram ao governo que restabeleça ações antidumping contra a China.

O pedido dos fabricantes de pneus acontece em paralelo às ações de outros setores da economia, como brinquedos e têxteis, que se preparam para levar ao governo pedidos de salvaguardas, na esteira da decisão de Brasília de regulamentar o mecanismo de proteção contra produtos chineses.

Segundo comunicado da Força Sindical, as medidas antidumping para pneus de bicicleta vigoraram entre 2002 e 2003, período em que as importações zeraram. No entanto, foram suspensas por conta da viagem do presidente Luis Inácio Lula da Silva à China no ano passado. A partir daí, as compras vêm sendo retomadas de forma crescente. No primeiro semestre deste ano, subiram 48% em relação ao mesmo período do ano passado. O preço dos pneus produzidos na China neste ano está na casa de US$ 1,2 o quilo, enquanto no Brasil, US$ 2,5 o quilo, segundo os dados apresentados ao ministério.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;