Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

'El Pibe' aceita explicações de Platini, mas ataca Pelé de novo


Das Agências

18/06/2010 | 07:02


Depois de atacar Michel Platini e Pelé, o técnico Diego Maradona tratou ontem de esfriar parte da polêmica. Ao tomar conhecimento de que o primeiro chegou a contestá-lo como treinador da Argentina, ele disse que Platini, ‘como todo francês, se acha o melhor de todos'.

Ontem, Maradona recebeu uma carta em que Platini nega possíveis críticas a ele pela imprensa. "Quero pedir desculpas ao senhor Michel Platini, mas não ao Pelé", avisou. Na quarta-feira, ele sugeriu ao Rei que ‘volte ao museu'. Motivo: ao reagir ao ataque do El Pibe, Pelé recorreu à ironia de que ‘talvez Maradona me ame'.

Durante a entrevista coletiva de ontem, no Estádio Soccer City, em Joanesburgo, um dos repórteres perguntou o motivo de tantos ‘beijos e carinhos' aos vencedores da Coréia do Sul. Ou ‘se o amor poderia ajudá-lo a ganhar' a Copa. Surpreso - e de olhos arregalados - Dieguito explicou. "Não sou homossexual. Gosto de mulheres. Tenho uma de 31 anos, loira, muito bonita. Não diga isso. Vão pensar que quebro a munheca. Não é assim. Elogiei meus atletas, nada mais."



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;