Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Verdão tenta se segurar entre os quatro diante do lanterna


Das Agências

30/09/2007 | 07:04


O técnico Caio Júnior completa este domingo 50 jogos à frente do Palmeiras e, para comemorar, ele quer a vitória sobre o América-RN, no Machadão, de presente. O time de Natal é o lanterna do Campeonato Brasileiro, com 12 pontos em 27 jogos. A partida começa às 18h10.

“Tenho orgulho dessa marca e sei que vou lembrar dela na hora do jogo”, disse o treinador. Depois completou, em tom de desabafo. “Muita gente não acreditou que eu ficaria tanto tempo, havia muito negativismo aqui. Esse ano foi difícil”, disse, referindo-se ao fato de ter balançado no cargo em algumas ocasiões. Na última, foi a seqüência de cinco jogos sem vitória antes do 1 a 0 sobre o Corinthians no último domingo.

Apesar do favoritismo palmeirense, o técnico alerta. “Não existe jogo ganho. O time tem de ter a mesma atitude que teve contra o Corinthians.”

A lembrança é em relação ao jogo passado, quando a equipe bateu o Corinthians por 1 a 0. O zagueiro Nen, autor do gol da vitória, está machucado e não joga. Valdívia, suspenso, também está fora. Caio, mais uma vez, será o substituto. O setor ofensivo será formado por Luiz Henrique e Max.

A vitória é fundamental para os planos da equipe paulista de manter-se na quarta colocação – tem 43 pontos – e, assim, assegurar vaga na Libertadores 2008. Pelos cálculos de Caio Júnior, o time precisa somar 21 pontos para alcançar esta meta.

AMÉRICA-RN - O jogo aéreo do Palmeiras é a principal preocupação do técnico Paulo Moroni, que passou a semana preparando sua defesa. O time conta com a volta do meia Souza, afastado 30 dias por contusão.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Verdão tenta se segurar entre os quatro diante do lanterna

Das Agências

30/09/2007 | 07:04


O técnico Caio Júnior completa este domingo 50 jogos à frente do Palmeiras e, para comemorar, ele quer a vitória sobre o América-RN, no Machadão, de presente. O time de Natal é o lanterna do Campeonato Brasileiro, com 12 pontos em 27 jogos. A partida começa às 18h10.

“Tenho orgulho dessa marca e sei que vou lembrar dela na hora do jogo”, disse o treinador. Depois completou, em tom de desabafo. “Muita gente não acreditou que eu ficaria tanto tempo, havia muito negativismo aqui. Esse ano foi difícil”, disse, referindo-se ao fato de ter balançado no cargo em algumas ocasiões. Na última, foi a seqüência de cinco jogos sem vitória antes do 1 a 0 sobre o Corinthians no último domingo.

Apesar do favoritismo palmeirense, o técnico alerta. “Não existe jogo ganho. O time tem de ter a mesma atitude que teve contra o Corinthians.”

A lembrança é em relação ao jogo passado, quando a equipe bateu o Corinthians por 1 a 0. O zagueiro Nen, autor do gol da vitória, está machucado e não joga. Valdívia, suspenso, também está fora. Caio, mais uma vez, será o substituto. O setor ofensivo será formado por Luiz Henrique e Max.

A vitória é fundamental para os planos da equipe paulista de manter-se na quarta colocação – tem 43 pontos – e, assim, assegurar vaga na Libertadores 2008. Pelos cálculos de Caio Júnior, o time precisa somar 21 pontos para alcançar esta meta.

AMÉRICA-RN - O jogo aéreo do Palmeiras é a principal preocupação do técnico Paulo Moroni, que passou a semana preparando sua defesa. O time conta com a volta do meia Souza, afastado 30 dias por contusão.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;