Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Fraude leva INSS a mudar atendimento para o 135


Marcelo de Paula
Especial para o Diário

17/08/2007 | 07:00


Denúncias de fraude obrigaram a Previdência a antecipar em um mês as mudanças que estavam sendo implementadas no sistema de atendimento pelo telefone 135, que a partir de 1º de setembro, além de manter operações já existentes, substituiria o 0800.

O problema ocorreu com o Prevfone, utilizado para atender aposentados e pensionistas que buscavam crédito em consignação. Houve a denúncia de que funcionários estariam passando informações de cadastro para determinadas pessoas dentro das instituições financeiras.

De posse das informações do segurado, os fraudadores lançavam empréstimos para serem descontados nas contas das vítimas. De acordo com o ministro da Previdência Social, Luiz Marinho, as denúncias estão sendo investigadas pela Polícia Federal, Ministério Público e CGU (Controladoria Geral da União), desde março último.

Até o momento foram detectadas 56 operações de crédito consignado suspeitas de terem sido fraudadas e 11 operadores do Prevfone estão sendo investigados por possível envolvimento.

“São poucos os casos e bastante isolados. Estamos investigando e não sabemos ainda quantos bancos estão envolvidos”, afirmou o ministro.

CALL CENTER

O novo call center tem três bases de atendimento, sendo um em Salvador (BA), um em Recife e outro em Caruaru (ambos em Pernambuco).

Funcionará das 7h às 22h e terá capacidade para atender 10 milhões de ligações por mês. Para se ter uma idéia, o 0800, embora funcionasse 24h, conseguia atender, no máximo, 300 mil ligações por mês.

O serviço vai custar R$ 38 milhões por ano ao INSS, mas o atendimento continuará gratuito ao segurado. Os atendimentos serão gravados, assim como qualquer operação nos computadores para que as fraudes não ocorram. “O INSS é vítima assim como o segurado. O banco que não devolver o dinheiro à pessoa lesada poderá ser descredenciado do sistema”, disse Marinho.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;