Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Irã volta a negar que tenha programa nuclear secreto


Da AFP

03/02/2003 | 09:15


O Irã voltou a negar neste domingo as acusações dos Estados Unidos de que esteja usando a central em construção em Buchehr para desenvolver um programa nuclear militar.

"Espalhando boatos venenosos, os Estados Unidos tentam militarizar as relações internacionais para servir a seus interesses políticos e econômicos", declarou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Hamid Reza Assefi, segundo a agência oficial Irna.

O porta-voz do Departamento de Estado americano, Richard Boucher, acusou de novo neste sábado o Irã de utilizar a central civil construída com os russos em Buchehr (Sul) "como cobertura e pretexto para obter tecnologias importantes e fazer seu programa de armamento nuclear avançar".

Assefi reiterou que "todas as atividades iranianas são supervisionadas pela Agência Internacional de Energia Atômica, que confirmou várias vezes seu caráter pacífico".

Também reafirmou "o direito (do Irã) ao uso pacífico da tecnologia nuclear para conseguir um nível de vida mais alto".

O Irã foi incluído em janeiro de 2002 no "Eixo do Mal" pelo presidente americano George W. Bush, que no discurso sobre o estado da Nação do dia 28 de janeiro acusou Teerã de tentar "desenvolver armas de destruição em massa e apoiar o terrorismo".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Irã volta a negar que tenha programa nuclear secreto

Da AFP

03/02/2003 | 09:15


O Irã voltou a negar neste domingo as acusações dos Estados Unidos de que esteja usando a central em construção em Buchehr para desenvolver um programa nuclear militar.

"Espalhando boatos venenosos, os Estados Unidos tentam militarizar as relações internacionais para servir a seus interesses políticos e econômicos", declarou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Hamid Reza Assefi, segundo a agência oficial Irna.

O porta-voz do Departamento de Estado americano, Richard Boucher, acusou de novo neste sábado o Irã de utilizar a central civil construída com os russos em Buchehr (Sul) "como cobertura e pretexto para obter tecnologias importantes e fazer seu programa de armamento nuclear avançar".

Assefi reiterou que "todas as atividades iranianas são supervisionadas pela Agência Internacional de Energia Atômica, que confirmou várias vezes seu caráter pacífico".

Também reafirmou "o direito (do Irã) ao uso pacífico da tecnologia nuclear para conseguir um nível de vida mais alto".

O Irã foi incluído em janeiro de 2002 no "Eixo do Mal" pelo presidente americano George W. Bush, que no discurso sobre o estado da Nação do dia 28 de janeiro acusou Teerã de tentar "desenvolver armas de destruição em massa e apoiar o terrorismo".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;