Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Interpol lança ordem de captura internacional contra Zarqawi


Da AFP

28/12/2005 | 09:42


A Interpol emitiu uma ordem de captura internacional contra o chefe da célula iraquiana da rede terrorista Al-Qaeda, Abu Musab al-Zarqawi, anunciou a organização policial nesta quarta-feira em um comunicado.

A ordem de busca e captura foi emitida a pedido da Argélia em função da investigação sobre o seqüestro e assassinato de dois diplomatas do país no Iraque em julho de 2005, destacou a Interpol.

Acusado por muitos atos de terrorismo, Zarqawi, um jordaniano de 39 anos pelo qual os Estados Unidos oferecem 25 milhões pela captura, é também procurado por autoridades alemãs e iraquianas, assim como pela Jordânia, onde reivindicou ataques e atentados com bombas.

Entre suas ações está o atentado triplo em Amã em novembro passado que matou mais de 50 pessoas, segundo a Interpol.

Os avisos de busca (Red Notices) da Interpol são comunicados às forças de polícia dos 184 países membros com o objetivo de que se procedam, se for o caso, a prisão com vistas a uma eventual extradição.

No começo de dezembro, a Interpol publicou pela primeira vez quatro notas especiais do Conselho de Segurança da ONU sobre pessoas ligadas à rede Al-Qaeda e aos talibãs, entre eles Zarqawi.

Abu Musab al-Zarqawi foi condenado no dia 18 de dezembro à morte pela segunda vez pela Corte de Segurança do Estado jordaniano.

O promotor pediu neste dia a pena de morte para Zarqawi e outras duas pessoas acusadas de realizar um ataque suicida em dezembro de 2004 no posto fronteiriço de Karameh, localizado entre a Jordânia e o Iraque.

Zarqawi foi condenado à morte em outubro de 2002 pelo assassinato de um diplomata americano em Amã.

Colocado em liberdade em 1999, devido a uma anistia geral concedida pelo rei jordaniano já morto Abdullah II, Zarqawi reivindicou o triplo atentado suicida com carro-bomba contra luxuosos hotéis de Amã, que deixou 60 mortos no dia 9 de novembro passado.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;