Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Homem é assassinado na porta de casa no Rudge Ramos


Bruno Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

11/11/2007 | 07:00


O projetista Richard José Xavier Ferreira, 41 anos, foi assassinado anteontem à noite na porta de casa, no Bairro Rudge Ramos, em São Bernardo. Ele levou dois tiros após sair do carro, um Fiat Siena, ano 2007. A suspeita é que o projetista tenha sido mais uma vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) no Grande ABC.

Segundo a Polícia Civil, dois homens seriam responsáveis pelo homicídio. Eles abordaram Ferreira quando o projetista preparava-se para abrir o portão de garagem de casa.

A polícia ainda não tem uma descrição dos dois suspeitos. “Eu não os vi. Nem ouvi os tiros. A única coisa que me chamou a atenção foi o barulho do carro acelerando. Aí eu olhei para a janela. Foi quando percebi que o meu vizinho tinha sido assaltado. Ele estava caído no chão”, disse uma vizinha de Ferreira.

O projetista foi levado ainda vivo ao PS Central de São Bernardo, mas não resistiu aos ferimentos. Um tiro acertou o peito de Ferreira. Outro, foi direto na cabeça.

Um guarda noturno da rua disse que o projetista tinha o hábito de parar o carro sempre no mesmo lugar antes de abrir o portão. E disse que a rua é bastante movimentada na hora em que o crime ocorreu. “Muita gente passa por aqui para pegar a Avenida Doutor Rudge Ramos”, contou.

Registrado no 1º DP de São Bernardo, o caso deve ser encaminhado amanhã para a Delegacia de Homicídios da cidade, que ficará responsável pelas investigações.

FAMÍLIA - Ferreira era casado e tinha uma filha de um mês. Amigos da família disseram que os únicos parentes da vítima eram um casal de irmãos, moradores da Capital.

A mulher de Ferreira não teve condições de falar sobre a morte do projetista ontem à tarde durante a cerimônia de enterro, ocorrida no Cemitério Baeta Neves.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Homem é assassinado na porta de casa no Rudge Ramos

Bruno Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

11/11/2007 | 07:00


O projetista Richard José Xavier Ferreira, 41 anos, foi assassinado anteontem à noite na porta de casa, no Bairro Rudge Ramos, em São Bernardo. Ele levou dois tiros após sair do carro, um Fiat Siena, ano 2007. A suspeita é que o projetista tenha sido mais uma vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) no Grande ABC.

Segundo a Polícia Civil, dois homens seriam responsáveis pelo homicídio. Eles abordaram Ferreira quando o projetista preparava-se para abrir o portão de garagem de casa.

A polícia ainda não tem uma descrição dos dois suspeitos. “Eu não os vi. Nem ouvi os tiros. A única coisa que me chamou a atenção foi o barulho do carro acelerando. Aí eu olhei para a janela. Foi quando percebi que o meu vizinho tinha sido assaltado. Ele estava caído no chão”, disse uma vizinha de Ferreira.

O projetista foi levado ainda vivo ao PS Central de São Bernardo, mas não resistiu aos ferimentos. Um tiro acertou o peito de Ferreira. Outro, foi direto na cabeça.

Um guarda noturno da rua disse que o projetista tinha o hábito de parar o carro sempre no mesmo lugar antes de abrir o portão. E disse que a rua é bastante movimentada na hora em que o crime ocorreu. “Muita gente passa por aqui para pegar a Avenida Doutor Rudge Ramos”, contou.

Registrado no 1º DP de São Bernardo, o caso deve ser encaminhado amanhã para a Delegacia de Homicídios da cidade, que ficará responsável pelas investigações.

FAMÍLIA - Ferreira era casado e tinha uma filha de um mês. Amigos da família disseram que os únicos parentes da vítima eram um casal de irmãos, moradores da Capital.

A mulher de Ferreira não teve condições de falar sobre a morte do projetista ontem à tarde durante a cerimônia de enterro, ocorrida no Cemitério Baeta Neves.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;