Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

'Entrevista com Stella do Patrocínio' completa dez anos



28/07/2014 | 13:47


Mais uma vez, Georgette Fadel deve subir ao palco para interpretar Stella do Patrocínio. Lançada há dez anos, a montagem Entrevista com Stella do Patrocínio volta e meia retorna ao cartaz. Agora, para comemorar o aniversário de uma década, deve ser apresentada novamente nesta segunda-feira, 28, no auditório da Biblioteca Mário de Andrade.

Na obra, que é completamente musicada, a premiada atriz Georgette Fadel interpreta um personagem verídico: uma mulher, considerada esquizofrênica, que foi descoberta por psicólogos e artistas que visitaram a Colônia Juliano Moreira, no Rio de Janeiro, onde ela havia ficado internada por cerca de 30 anos. À época, a fala poética de Stella impressionou criadores, como a artista plástica Neli Gutmacher.

Para tentar compreender o fenômeno, Neli realizou e gravou entrevistas com a paciente. Um material que, 15 anos depois, foi transcrito pela escritora Viviane Mosé no livro Reino dos Bichos e dos Animas É Meu Nome. Finalista do prêmio Jabuti de 2005, a obra deu origem ao espetáculo, que é dirigido por Georgette, ao lado de Lincoln Antonio. No elenco, além da atriz, está a cantora Juliana Amaral.

Organizada em formato de depoimento, a peça conta como Stella foi parar no hospital psiquiátrico e como era sua vida antes desse episódio, quais os seus sonhos, planos e desejos. A trilha sonora, criada por Lincoln Antonio, transforma a peça em uma espécie de musical, em que tudo é contado por meio das canções.

A apresentação, que será na Biblioteca Mário de Andrade, faz parte do programa Teatro na Mário, que ocorre todas às segundas-feiras, a partir das 19h. Os convites, que são gratuitos, podem ser retirados na recepção da biblioteca 1 hora antes do início do espetáculo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados