Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Bush lamenta ter chamado de 'cruzada' a guerra contra o terror


Do Diário OnLine
Com AFP

26/10/2004 | 15:47


O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, lamentou ter empregado a palavra "cruzada" para classificar a guerra contra o terrorismo iniciada depois dos atentados de 11 de setembro de 2001.

"Falei uma vez e provavelmente não devia usar essa palavra", declarou Bush, durante entrevista ao canal ABC, nesta terça-feira.

Na ocasião o republicano falou que "esta cruzada, esta guerra contra o terrorismo, durará algum tempo."

O emprego do termo 'cruzada' provocou vivas reações entre os muçulmanos porque faz referência às guerras travadas entre cristãos e muçulmanos na Idade Média.

"Não acho que se trate de uma guerra religiosa", destacou Bush na entrevista. "Acho que é uma guerra contra pessoas más, que querem matar em grande escala. Gente que quer obter armas de destruição em massa e matar ainda mais pessoas do que as que mataram em Nova York e Washington", afirmou.

Indagado se cristãos e muçulmanos veneram o mesmo Deus, o presidente respondeu: "acho que sim. Temos caminhos diferentes para chegar a Deus."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.