Fechar
Publicidade

D+


Publicado em domingo, 10 de abril de 2011 às 07:01 Histórico

Animais também xavecam

Nada mais natural do que se exibir para o outro. A diferença do ser humano e dos animais, é que os bichos agem 100% por instinto. Eles precisam caprichar na paquera para impressionar e fortalecer o vínculo entre o casal. Tudo para que se comprometam a dividir as responsabilidades de se constituir uma família e evitem a separação ou até a morte depois do acasalamento (algumas espécies de aranhas matam o parceiro).

Cada animal tem a sua técnica para atrair o outro. O pássaro fragata, por exemplo, sofre até mudanças físicas. No período reprodutivo, o macho enche de ar um saco de pele localizado no papo, fazendo com que pareça uma grande bola avermelhada. O saco fica até 30 vezes maior que seu tamanho natural. O pavão, por sua vez, mostra as penas coloridas do rabo para a fêmea quando quer chamar a atenção.

Já a fêmea da espécie dos musaranhos (tipo de roedor) é bem exigente: ela só corresponde se o macho der várias lambidas na face e na nuca dela. Os macacos gibões precisam treinar a cantoria. As fêmeas só prestam atenção após um longo período de demonstração em cima das árvores.

A ave aquática megulhão-de-crista pratica um glamuroso show durante o xaveco. Um dos parceiros nada e mergulha na direção do outro, emergindo com as asas abertas e o corpo ereto. Os dois seguem juntos com o peito colado no outro, dando mergulhos e fazendo piruetas, em uma espécie de tango animal.



Veja Também

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC