Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

CEU em Santo André aguarda R$ 1,8 mi para finalizar obra

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Atraso já marca quatro anos; atual governo garante assinar novo contrato em fevereiro


Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

13/01/2018 | 07:00


Parado desde julho de 2014, o CEU (Centro Educacional Unificado) das Artes em construção no Jardim Ana Maria, em Santo André, aguarda aplicação de R$ 1,86 milhão para conclusão das obras. O atraso no cronograma já contabiliza quatro anos dentro do prazo de entrega estipulado pelo então prefeito Carlos Grana (PT) – as intervenções foram interrompidas ainda na gestão petista. O atual governo, chefiado por Paulo Serra (PSDB), pontuou que o valor remanescente já foi licitado e há vencedor do certame. “O novo contrato será assinado em fevereiro e imediatamente a obra será retomada.”

Em sua totalidade, a previsão de gastos é da ordem de R$ 3,6 milhões, a maior parte advinda de repasse do governo federal. Diante da crise financeira no País, a Caixa Econômica Federal brecou ações financiadas pela União, apontando diversas reprogramações e ajustes no acordo. Segundo o Paço, atualmente, a “obra está 60% executada”, com investimento de R$ 1,73 milhão até agora. Resta ainda, portanto, a liberação de R$ 1,65 milhão do total da verba do Ministério da Cultura, órgão que assina o convênio, e mais R$ 204,9 mil de contrapartida da Prefeitura.

O Paço formalizou nos Atos Oficiais o resultado da concorrência para finalização das intervenções, tendo em vista a renúncia da empresa Flasa Engenharia e Construções Ltda, a partir dos problemas de fluxo dos repasses. Considerou a Teto SA como ganhadora do certame. “A reprogramação demorou muito para ser aprovada, o que paralisou as obras e causou a desistência da empresa”, sustentou a administração tucana. O início da construção da unidade aconteceu em 2013, mesmo ano do começo das intervenções para erguer o CEU Jardim Marek, inaugurado em setembro de 2016.

O projeto foi credenciado em 2010, na gestão Aidan Ravin (PSB), inclusive na definição das áreas, mas sem avanço na questão financeira e no andamento de obras.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados