Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8338

Livro reúne projetos relevantes de formandos da Strong FGV

Em sua 15ª edição, publicação anual destaca importância de usina de reciclagem para lixo e de gerador de energia solar


Bia Moço
Especial para o Diário

24/10/2017 | 07:00


 Uma usina de reciclagem para lixo, um gerador de energia solar e programa de automação residencial. Estes são alguns dos temas que compõem o livro Os Mais Relevantes Projetos de Conclusão dos Cursos MBAs 2016, lançado ontem pela Strong FGV (Fundação Getulio Vargas), na unidade de Santo André, no bairro Jardim. Esta é a 15ª edição do material educativo, que reúne os 11 mais bem conceituados projetos entre 800 avaliados no ano passado.

“Apesar de disponibilizarmos o exemplar aos alunos de forma digital, acreditamos no livro físico pelo simbolismo que representa no meio acadêmico”, disse Sergio Tadeu Ribeiro, diretor executivo da Strong Esags.

A ideia surgiu no ano de 2001 na formatura de uma das primeiras turmas da faculdade, quando o professor paraninfo da FGV, Luiz Fernando da Silva Pinto, sugeriu que fosse feito um livro com os melhores projetos por conta da qualidade dos trabalhos apresentados.

Para que tomasse forma, todo o material foi idealizado pela professora Maria Madalena Fonseca, diretora acadêmica da Strong, que organizou os trabalhos, criou o conselho editorial e tirou a certificação internacional ISSN (International Standard Serie Number) – código numérico que constitui um identificador único para revistas e periódicos. Após este processo, um conselho editorial formado por professores e coordenadores acadêmicos da FGV, e um representante da sociedade civil, avaliaram mais de 800 trabalhos nas mais diversas áreas da administração e selecionam os melhores, avaliando nível de pesquisa, originalidade e temas que podem contribuir com a sociedade.

“A importância para os alunos é a meritocracia, o estímulo à qualidade e à pesquisa. O livro tem a certificação internacional ISSN, que vale pontos para o currículo lates para aqueles que querem seguir uma carreira acadêmica. Além, é claro, de que muitos desses projetos se tornam realidade”, explicou Ribeiro.

Outro ponto abordado pelo diretor é o fato de o livro se tornar cartão de visitas para os estudantes, com melhores chances de serem incluídos no mercado de trabalho. Em contrapartida, devido ao “boca boca”, o reconhecimento dos alunos acaba colaborando para que mais estudantes procurem a FGV para sua formação. “Ajuda, também, no desenvolvimento da região. Esse é o objetivo da FGV, desenvolver o Brasil”, destaca. A unidade andreense foi inaugurada em 1999. Atualmente, o grupo está presente em 110 cidades do País.

Ainda de acordo com Ribeiro, o objetivo do lançamento é, também, o de contribuir para a disseminação do conhecimento acadêmico para sociedade como valiosa fonte de referência para os alunos da escola, de outras instituições, inclusive do Exterior. “Enviamos exemplares para grandes bibliotecas brasileiras e de outros países de Língua Portuguesa”, completa o diretor.

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados