Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Irã diz que mudar acordo nuclear seria "um insulto" dos EUA ao país e à ONU

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Espera-se que Trump faça duras críticas ao
acordo de 2015 e o republicano já ameaçou recuar



13/10/2017 | 08:54


O presidente do Parlamento do Irã, Ali Larijani, rechaçou qualquer possibilidade de que os Estados Unidos possam recuar do acordo nuclear internacional com Teerã. Segundo ele, a mudança de posição seria um insulto ao Irã e à Organização das Nações Unidas.

Larijani falou em visita à Rússia, horas antes do discurso previsto do presidente dos EUA, Donald Trump. Espera-se que Trump faça duras críticas ao acordo de 2015 e o republicano já ameaçou recuar da iniciativa.

O acordo concedeu ao Irã um alívio nas sanções econômicas, em troca de limites rígidos para seu programa nuclear. A iniciativa foi longamente negociada pelo governo do então presidente Barack Obama e também envolveu uma coalizão de potências: Reino Unido, França, Alemanha, Rússia e China.

Larijani lembrou que o acordo recebeu o aval das Nações Unidas, por isso recuar dele seria "um insulto à ONU". Ele acrescentou que, com qualquer revisão, o Irã poderá tomar suas próprias ações, sem especificá-las. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados