Fechar
Publicidade

Esportes

Publicado em sexta-feira, 30 de junho de 2017 às 07:00 Histórico

Tigre espera definição da CBF a respeito de viagem

Celso Luiz/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

A paralisação da Série D do Brasileiro pela CBF enquanto aguarda julgamento pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) de suposta irregularidade de atleta do São Raimundo-PA prejudica a programação do São Bernardo, que ainda não sabe quando fará as partidas do mata-mata da segunda fase contra o Metropolitano-SC e como será o deslocamento ao Sul. Na segunda-feira, a entidade chegou a anunciar que os confrontos ocorreriam nos dias 3, segunda-feira, em Blumenau, e 8, sábado, em São Bernardo, mas depois tornou a tabela divulgada sem efeito.

“Ainda não definimos a programação de viagem. Estamos esperando a CBF indicar se vamos de avião ou ônibus”, disse o diretor de futebol do Tigre, Edgard Montemor.

Segundo o regulamento, a confederação oferece passagem aérea aos clubes quando o deslocamento é superior a 700 quilômetros. Quando inferior, é dado o transporte viário e Blumenau fica a 630 quilômetros.

Fato é que o Tigre não corre o risco de ser surpreendido por adversário desconhecido. Isso porque o clube já vinha monitorando os catarinenses: o observador técnico Nívio Caetano acompanhou pessoalmente dois jogos do Metrô, o último deles contra o PSTC, em Cornélio Procópio, que terminou com vitória do time catarinense por 1 a 0 e selou a classificação à segunda fase,

“É uma equipe que classificou com muita propriedade num grupo difícil. Tem poder de marcação forte, que tem como características a força e a transição. Serão jogos difíceis, como vêm sendo nessa Série D, bastante brigados. Estamos trabalhando em cima das informações que a gente tem”, afirmou o técnico Wilson Júnior.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC