Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Kim Kardashian se explica após acusação de blackface em campanha de maquiagem e rebate que sua coleção seja igual a de Kylie Jenner



20/06/2017 | 10:11


Nesta quarta-feira, dia 21, Kim Kardashian vai lançar sua primeira linha de beleza, intitulada KKW Beauty. A rainha do contorno finalmente se rendeu e agora terá sua própria linha de maquiagens, logo após se deparar com o sucesso do lançamento de sua coleção de beleza, KKW x Kylie, em parceria com a irmã Kylie Jenner, que chegou a vender mais de 300 mil produtos e faturou cerca de 13,5 milhões de dólares em vendas, conforme informou a WWD.

Como nem tudo são flores na vida de Kim Kardashian, a polêmica em torno da campanha de divulgação que a morena tem feito antes do lançamento não demorou a surgir, e a socialite acabou sendo alvo de algumas acusações, sendo uma delas a de ter copiado a irmã Kylie Jenner, que já vem atuando nesse mercado a algum tempo com sua linha de maquiagens, a Kylie Cosmetics.

Em entrevista ao The New York Times, Kim Kardashian explicou que as irmãs atuam com o mesmo fabricante, embora, não haja nenhuma relação entre seus produtos com o da irmã, Kylie, que também faz sucesso quando o assunto são os famosos lipsticks, os batons líquidos que valorizam a boca carnuda da modelo:

- Eu trabalho com o mesmo fabricante. Eu tenho uma relação com eles há algum tempo, na verdade. Mas as linhas são totalmente separadas. Nós não nos falamos sobre o que nós iremos fazer ou as fórmulas que iremos usar.

Já em conversa com a WWD, segundo a Billboard, Kim explicou que as acusações de que teria copiado a irmã não têm fundamento, uma vez que cada uma tem seu próprio foco e seus produtos serão mais dedicados à pele, valorizando a técnica de contorno e uma maquiagem mais natural, pela qual já é conhecida, enquanto Kylie se debruça em sombras, batons, blushes e de forma muito mais colorida:

- Eu sou mais velha que Kylie, nós definitivamente temos uma audiência diferente. Nós temos muitas coisas em comum, mas não estamos fazendo os mesmos produtos, então não entraremos nessa competição. Nós somos muito cautelosas com isso. Trabalhamos juntas para garantir que as coisas não se sobreponham assim. Em última análise, penso que assim que lançarmos e as pessoas verem que somos uma marca muito diferente, ambas serão capazes de coexistir, mas de formas separadas…

A esposa do rapper Kanye West também comentou em conversa com o The New York Times a polêmica em torno das fotos da campanha que antecede o lançamento. Nas redes sociais, Kim foi acusada de praticar blackface, já que nas fotos aparecem com o contorno supervalorizado e com a pele bastante escura, um pouco diferente do usual.

Em tempo: A expressão blackface surgiu por volta de 1830, quando homens brancos se pintavam de preto, de uma forma caricata, e se apresentavam para outros brancos com o objetivo de satirizar a população negra, além de excluírem essa parte da população de seus encontros.

- Obviamente, eu nunca desejaria ofender ninguém. Trabalhei com um incrível fotógrafo e uma equipe ótima. Eu estava muito bronzeada quando tiramos as fotos, e pode ser que o contraste estivesse desativado. Mas eu mostrei a imagem para muitas pessoas, para muitos no trabalho. Ninguém chamou a atenção para isso. Ninguém mencionou isso, explicou Kim Kardashian sobre a campanha de fotos divulgada nas redes sociais.

Em seguida, ela ainda confirmou que as imagens foram apagadas e devidamente alteradas para que não houvesse mais nenhuma confusão:

- Tenho o maior respeito pelas razões pelas quais as pessoas se sentiram dessa forma. Mas fizemos as mudanças necessárias para aquela foto e para todas as outras. Nós vimos o problema, e nos adaptamos e mudamos imediatamente. Definitivamente eu aprendi com isso.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados