Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

CNI: crise política pode afetar confiança dos empresários no próximo Icei



19/05/2017 | 13:09


A divulgação da delação dos donos do Grupo JBS jogou uma nuvem de incertezas sobre o governo Temer e terá impactos na confiança do empresariado, avaliou nesta sexta-feira, 19, o gerente de pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Renato da Fonseca. Depois de cair 0,9 ponto em abril, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) subiu 0,6 ponto em maio, de acordo com documento divulgado nesta sexta pela entidade.

A pesquisa foi feita entre os dias 2 e 12 deste mês, antes, portanto, da divulgação da delação da JBS. "Havia uma expectativa muito grande sobre a aprovação das reformas trabalhista e da Previdência, além do provável lançamento de uma reforma tributária no segundo semestre. Mas, com essa reviravolta, há dúvidas se o atual governo se mantém e se ele terá força no Congresso", comentou o economista.

Fonseca lembrou que o otimismo do empresariado melhorou consideravelmente em relação ao ano passado, mas continua abaixo da média história do Icei, que ficou ainda menor durante a crise prolongada. O Icei ficou em 53,7 pontos em maio, pouco abaixo da média histórica de 54 pontos no indicador - média que já foi de 59 pontos antes da recessão.

"O empresário é sempre um pouco mais otimista que o resto da população, porque se ele não acreditar que o seu negócio irá evoluir bem, ele fecha. Ainda é cedo para avaliar o impacto da crise política nessa confiança, mas com certeza na primeira semana de junho, quando a próxima pesquisa for realizada, as informações já estarão mais decantadas", afirmou. "Essa crise e uma eventual troca de governo podem mudar as expectativas sobre a aprovação de reformas e, no limite, até mesmo sobre o programa de concessões", completou.

O próximo Icei será divulgado pela CNI no dia 19 de junho, com as avaliações dos empresários colhidas pela entidade nos nove primeiros dias úteis do próximo mês.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados