Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8338

São Bernardo antecipa ações contra a dengue para dezembro

Balanço aponta existência de seis casos da doença na cidade, sendo todos importados


Natália Fernandjes
do Diário do Grande ABC

19/04/2017 | 07:07


Tendo em vista resultado positivo observado no balanço do primeiro trimestre do ano em relação aos casos de dengue em São Bernardo, a Prefeitura prevê antecipar para dezembro o início da campanha de prevenção da doença de 2018. Isso porque, desde o lançamento do Programa São Bernardo Contra a Dengue, em janeiro, foram contabilizados seis pacientes infectados pelo vírus transmitido pelo Aedes, sendo nenhum registro autóctone – contraído no município. Em 2016, a cidade registrou 1.234 casos de arboviroses (dengue, zika e chikungunya), sendo 897 autóctones.

O prefeito Orlando Morando (PSDB) comemora os números, principalmente tendo em vista a comparação dos gastos públicos com o problema. Neste ano, conforme o chefe do Executivo, houve investimento de R$ 200 mil com publicidade. “Em 2016, atendemos 1.300 pacientes. O custo médio é de R$ 1.000 por dia e o tempo de internação é de dois a três dias, o que resulta em gasto aproximado de R$ 4 milhões”, destaca.<EM>

Morando observa ainda que, além de iniciar a campanha de prevenção em janeiro, antes das demais cidades, houve trabalho de capacitação de 1.000 profissionais da Saúde. Entre janeiro e abril, o grupo realizou 295.940 visitas a residências, o que resultou na eliminação de 365 mil focos da doença. “Nossos números não se devem à sorte, mas à preocupação em tornar a população nossa aliada no combate ao mosquito”, diz.

DEMAIS CIDADES
Levantamento solicitado pela equipe de reportagem do Diário às demais cidades da região sobre o tema mostra que, entre janeiro e abril, foram contabilizados oito casos de dengue em Mauá, dois deles autóctones, além de um registro em Ribeirão Pires, sendo este importado de outro município. Além disso, as Prefeituras investigam, respectivamente, 149 e 54 casos suspeitos da enfermidade atualmente.

Os demais municípios não forneceram informações a respeito do tema.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados