Fechar
Publicidade

Esportes

Publicado em quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017 às 07:00 Histórico

Bruno Recife se diz humilhado por tratamento no São Caetano

Denis Maciel/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

O lateral-esquerdo Bruno Recife se sente humilhado pelo tratamento que recebeu no São Caetano após a Copa Paulista. Colocado na geladeira depois da competição, o jogador de 34 anos, que está em sua sexta temporada pelo clube, sequer foi inscrito para a Série A-2 – em 2016, ele foi eleito o melhor de sua posição na competição – e pode deixar a equipe.

O Diário apurou que a diretoria do Azulão, após a Copa Paulista, comunicou ao jogador que ele não estava nos planos do presidente Nairo Ferreira de Souza para a Série A-2, e que poderia procurar outro clube.

“Me senti humilhado. É minha segunda passagem pelo São Caetano, tenho mais de 170 jogos pelo clube, deveriam ter mais respeito. Perguntei o motivo. Disseram que não era o pênalti (desperdiçado na semifinal da Copa Paulista, contra a Ferroviária, que culminou na eliminação do Azulão), que o presidente queria dar uma mudada. Na minha consciência, foi o pênalti. Mas estou tranquilo, sei que fiz o meu melhor”, afirmou Bruno Recife.

O lateral revelou que teve uma reunião com o técnico Luís Carlos Martins, que tem a intenção de aproveitá-lo no meio, mas ainda não houve definição da situação. Enquanto isso, ele segue treinando com o elenco e tem contrato até o fim de maio.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC