Fechar
Publicidade

Esportes

Publicado em quarta-feira, 19 de outubro de 2016 às 19:02 Histórico

Com 3 de Özil, Arsenal aplica 6 a 0 em time búlgaro e continua líder do grupo

Em sua melhor apresentação nesta Liga dos Campeões até agora, o Arsenal não tomou conhecimento do Ludogorets Razgrad e aplicou 6 a 0 no time búlgaro, em casa, nesta quarta-feira. Com este placar elástico, manteve a liderança do Grupo A, apesar do triunfo do Paris Saint-Germain sobre o Basel por 3 a 0, também em casa.

Os dois times somam os mesmos sete pontos, mas a equipe londrina apresenta maior saldo de gols, principalmente depois da goleada desta quarta. Basel e Ludogorets têm apenas um ponto cada um na chave, ainda sem vitórias.

No Emirates Stadium, o meia Mesut Özil foi o grande maestro da goleada. Ele marcou nada menos que metade dos gols do Arsenal nesta quarta e ainda teve participação nos demais lances de gol. A contagem teve início aos 11 minutos, com um golaço de Alexis Sánchez, após belo drible no zagueiro e finalização por cobertura sobre o goleiro Stoyanov.

Antes do intervalo, o Arsenal ampliou com gol de Theo Walcott, de fora da área, aos 41 minutos. O segundo tempo começou mais animado. Logo no primeiro minuto, Gibbs cruzou e Alex Oxlade-Chamberlain completou para as redes.

Daí em diante só deu Özil na partida. Aos 10, ele recebeu lançamento de Cazorla e anotou o quarto dos anfitriões. Ele marcou novamente aos 37 e aos 42 minutos, confirmando a goleada do time inglês.

Enquanto isso, em Paris, o time francês levou sustos do Basel antes de abrir o placar, aos 40 minutos de jogo, com gol de Angel Di Maria. Na segunda etapa, o brasileiro Lucas anotou o segundo, deixando novamente sua marca em uma partida do PSG, e Edinson Cavani deu números finais ao jogo ao marcar de pênalti aos 45 minutos.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC