Fechar
Publicidade

Setecidades

Publicado em sábado, 20 de julho de 2002 às 19:28 Histórico

Santo André: perseguição termina em morte

O segurança Anderson de Toledo, 24 anos, foi morto por policiais militares após roubar um Palio, fugir e atirar contra uma viatura policial na manhã deste sábado, em Santo André.

Segundo a polícia, o roubo do carro aconteceu por volta das 9h30 em frente a um posto de gasolina localizado próximo ao viaduto Adib Chammas, no Centro. “Recebemos a informação de que o criminoso havia roubado um Palio e que pretendia levar a vítima, mas isso não aconteceu porque ela correu do carro após ser abordada. Antes, recebemos também a informação de que disparos de arma haviam acontecido próximo ao local do roubo. Tentamos pará-lo três vezes para que se entregasse”, disse o policial militar Edson dos Reis, do Comando de Força Patrulha do 10º Batalhão.

Os policiais conseguiram avistar o carro na avenida Itamaraty, no Parque Jaçatuba, quando sinalizaram para que parasse. Toledo, porém, teria acelerado o Palio. A perseguição começou na mesma avenida e pouco tempo depois, Toledo bateu em outro carro, mas conseguiu novamente fugir.

O segurança seguiu pelas ruas Jorge Beretta e América do Sul, quando bateu em outros dois carros e atirou contra os policiais. Um dos tiros acertou o pára-brisa da viatura da polícia, mas não feriu ninguém.

Em seguida, Toledo entrou na rua Evangelista de Souza e depois na Manágua, onde bateu o carro contra uma árvore. Toledo ainda disparou contra os policiais novamente, e durante a troca de tiros foi baleado.

Levado ao Pronto-Socorro Central pelos próprios policiais, ele não resistiu aos ferimentos e morreu. “Não sei porque fez isso. Ele era segurança e havia saído às 6h do trabalho. Deve ter bebido e, fora de si, disparado a arma. Com medo de ser preso, deve ter roubado o carro para fugir”, disse um tio de Toledo.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC