Fechar
Publicidade
Publicado em domingo, 28 de novembro de 2004 às 12:58 Histórico

Rio Grande da Serra suspende cestas básicas

Preocupada em reduzir gastos e cumprir a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) no último ano de mandato, a Prefeitura de Rio Grande da Serra suspendeu o fornecimento da cesta básica dos servidores no mês de novembro e não há garantias de que o benefício será fornecido em dezembro.

A administração alega não ter recursos para honrar uma dívida com o fornecedor e garantir a entrega das cestas. Cerca de 370 funcionários recebem o benefício, a um custo de, aproximadamente, R$ 20 mil aos cofres do município.

"Não se trata de cortar gastos, é que não tem verba mesmo", afirma o secretário de administração Marcelo Borges, que remete a questão à pasta de Finanças. Esta, por sua vez, explica que a falta de dinheiro para as cestas se deve ao valor do repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), que teria vindo abaixo do esperado.

"Historicamente, em novembro há um aumento no repasse, mas nesse ano isso não ocorreu. Ele se manteve como outubro, o que causou um problema para honrarmos alguns pagamentos. Então estamos esperando ter dinheiro para poder efetuar a compra", justificou o secretário de Finanças Cássio Pegoraro.

Segundo o secretário, eram esperados R$ 100 mil a mais de receita este mês e o aumento do repasse foi de apenas R$ 15 mil. Por conta disso, o secretário diz que está empenhado em negociar a dívida com o fornecedor das cestas, que beira os R$ 40 mil, sem comprometer as contas, mas admite que este mês o benefício não será entregue.

"Esse mês (os funcionário) não vão receber (a cesta). Se depender das finanças, não. Não temos dinheiro", disse Pegoraro. "Nossa preocupação é não aumentar muito a dívida da Prefeitura. Estamos no final de mandato e tentando conter gastos. Não tem dinheiro para tudo."

A cesta básica é garantida por lei municipal e os funcionários contribuem com 4% do salário para receber o benefício. Segundo Pegoraro, o valor descontado este mês será devolvido aos funcionários no próximo pagamento, que não terá também o desconto da cesta básica de dezembro, o que denota a incerteza quanto ao fornecimento das cestas no próximo mês. "Nós vamos devolver o percentual que foi descontado e não vamos descontar o de dezembro, porque não sabemos o que vai acontecer", disse.

O secretário diz que espera a próxima parcela do repasse do FPM, que deve chegar ao município no dia 30, para poder negociar com o fornecedor.

Questionado sobre o fato de a administração estar ignorando a lei municipal, o secretário diz entender que a "Lei de Responsabilidade Fiscal é superior à lei dos funcionários". "Não dá para atender tudo, o que eu vou fazer? Eu vou ser responsável com a LRF ou com eles (servidores)?".

O presidente do Sindicato dos Servidores de Rio Grande da Serra, Hilton Olivares, se diz inconformado com a medida. "O presidente da República fala tanto em Fome Zero e aqui o governo faz isso (cancela a cesta)", diz. "Dá vontade de pegar uma perua com alto-falantes e sair contando isso para a toda cidade ouvir."

O sindicato exige o pagamento da cesta básica de novembro em pecúnia, no valor de R$ 58, o cancelamento dos descontos e o pagamento da cesta de dezembro em dinheiro.

A proposta foi encaminhada formalmente ao prefeito Ramon Velasquez, e um requerimento, pedindo apoio dos vereadores, também foi registrado na Câmara, na última sessão, realizada quarta-feira.

O prefeito diz lamentar a situação, que segundo ele é reflexo de dívidas antigas de outras administrações. Ramon afirmou que está analisando a proposta dos servidores e estudando todas as formas de negociação com o fornecedor e tentou amenizar as declarações de Cássio.

"A empresa endureceu, mas ainda há margem de negociação. Em outros momentos atrasamos e conseguimos pagar. Além disso temos projeções da Confederação Nacional do Municípios que apontam aumento nos repasses no próximo mês", disse. O prefeito espera ter uma resposta para os servidores na próxima semana.



Veja Também

Tags

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC



Revista Playboy Revista Sexy Palmeiras Corinthians São Paulo Santos Portal Santo André Portal São Bernardo Portal São Caetano Portal Diadema Portal Ribeirão Pires Portal Mauá Portal Rio Grande da Serra Portal Grande ABC Ronan Maria Pinto Notícias Regionais Política Regional Vídeos de Santo André no ABC Paulista Vídeos de São Bernardo no ABC Paulista Vídeos de São Caetano no ABC Paulista Vídeos de Diadema no ABC Paulista Vídeos de Mauá no ABC Paulista Vídeos de Rio Grande da Serra no ABC Paulista Vídeos de Ribeirão Pires no ABC Paulista Notícias do dia 24 do 10 de 1999 Notícias do dia 24 do 10 de 2000 Notícias do dia 24 do 10 de 2001 Notícias do dia 24 do 10 de 2002 Notícias do dia 24 do 10 de 2003 Notícias do dia 24 do 10 de 2004 Notícias do dia 24 do 10 de 2005 Notícias do dia 24 do 10 de 2006 Notícias do dia 24 do 10 de 2007 Notícias do dia 24 do 10 de 2008 Notícias do dia 24 do 10 de 2009 Notícias do dia 24 do 10 de 2010 Notícias do dia 24 do 10 de 2011 Notícias do dia 24 do 10 de 2012 Notícias do dia 24 do 10 de 2013 Notícias do dia 24 do 10 de 2014 Trânsito Santo André Trânsito São Bernardo Trânsito São Caetano Trânsito Mauá Trânsito Diadema Trânsito Ribeirão Pires Trânsito Rio Grande da Serra Tags das notícias