Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Renda per capita argentina é menor que a brasileira


Do Diário OnLine

17/03/2002 | 20:45


A desvalorização do peso rebaixou a Argentina para o sexto lugar no ranking da renda per capita latino-americana, abaixo do Brasil. A renda per capita anual da Argentina, que era a mais alta da América Latina, com US$ 8.950,00, caiu para US$ 3.197,00. O país corre o risco de ficar atrás também do Panamá, cuja cifra, está próxima à da Argentina — US$ 3.080,00. Os valores foram divulgados pela consultora Equis, um dos principais centros do país no estudo da pobreza e desemprego.

De acordo com o estudo, o Uruguai se tornou o país com a maior renda per capita da região, com US$ 6.130,00 por ano, seguido do Chile, com US$ 4.820,00 anuais. O Brasil está em terceiro lugar, com US$ 4.790,00, à frente do México, com US$ 3.070,00, e da Venzuela, com US$ 3.480,00.

Segundo o diretor da Sociedade de Estudos Trabalhistas (SEL), Ernesto Kritz, o índice de desemprego na Argentina está entre 22% e 23%. A estimativa é de que o desemprego esteja crescendo 1% por mês.

Kritz não concorda com a previsão do presidente Eduardo Duhalde de que a recessão deve terminaria antes do dia 9 de julho, data da independência argentina. “Não há possibilidade de sair rapidamente da recessão", afirmou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados