Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Colombiano pode socorrer o Corinthians


Nelson Cilo
Do Diário do Grande ABC
Com Agências

06/03/2001 | 00:56


  O Corinthians, penúltimo colocado no Paulistão, busca soluções imediatas para sair da lama. O técnico Wanderley Luxemburgo aproveitou a reunião desta segunda para cobrar a contratação de três reforços. O primeiro deles pode ser anunciado durante a semana: o lateral-direito Quintana, do Deportivo Cali, titular da seleção colombiana. As negociações estão bem adiantadas. A Hicks Muse, parceira do clube, enviou um representante à Colômbia e praticamente definiu a transferência.

Quintana, no entanto, só será anunciado oficialmente depois que todos os trâmites burocráticos estiverem resolvidos. Espera-se que tudo esteja oficializado dentro de 48 horas. Quintana seria emprestado pelo Deportivo, que daria opção de compra. Na lista, ainda aparecem um volante e um atacante.

Quanto a Rincón, que também interessa interessa ao Corinthians, o diretor de futebol Roque Citadini praticamente descartou a volta do colombiano. A diferença entre as propostas é considerada elevada. Aparentemente, não existe a mínima chance de um entendimento. “Não vejo como chegar a um acordo”, esclareceu.

O futuro do time, ameaçado de rebaixamento, igualmente ocupou uma parte da reunião, que aconteceu fora do Parque São Jorge. A diretoria afastou a especulação de que o técnico havia sido convocado às pressas.

Enquanto Luxemburgo esteve em São Paulo, o auxiliar Heron Ferreira e o preparador físico Antônio Mello mantiveram a atividade dos jogadores em Serra Negra. Sábado, em Limeira, o Corinthians (14º) trava um duelo de sobrevivência contra a Internacional (15º). As duas equipes têm o mesmo número de pontos (cinco), mas o time da capital leva a vantagem porque ganhou uma partida.

Citadini garantiu que Luxemburgo continua recebendo total apoio. “Luxemburgo executa um trabalho de reestruturação do elenco”, acredita. Em cinco jogos sob o comando de Luxemburgo, o Corinthians ganhou um, conseguiu dois empates e sofreu duas derrotas. É quase a mesma campanha de Dario Pereyra. Citadini afirmou que o risco de rebaixamento não assusta o Corinthians.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.