Fechar
Publicidade

Esportes

Publicado em terça-feira, 18 de abril de 2000 às 22:06 Histórico

Filha de Pelé pede indenizaçao por abandono

A filha mais velha de Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, Sandra Regina Arantes do Nascimento Felinto, deu entrada em açao na Justiça pedindo indenizaçao por danos morais e materiais em razao do abandono sofrido por parte do pai durante toda a sua vida.

O processo, que entrou no Fórum de Santos, há cerca de seis meses, já tem audiência de conciliaçao marcada para junho, mas só terça-feira foi divulgado.

Sandra brigou na Justiça para obter o reconhecimento como filha legítima de Pelé. O ex-jogador acabou perdendo a açao na Justiça.

Atualmente ela assina Arantes do Nascimento, mas nao conta com o reconhecimento afetivo do pai. O advogado de Sandra, Claudio Forcel, parte do pressuposto de que Pelé sabia que tinha uma filha, desde o momento em que Sandra foi concebida. "Daí a cobrança pelos danos materiais".

Segundo o advogado, os danos morais passaram a ocorrer a partir do momento em que Pelé nao assumiu a paternidade após a sentença judicial.

Forcel explica que Sandra sempre teve a esperança de que o pai se aproximasse dela depois do processo. "Mas nao foi o que aconteceu, porque a distância parece até mais evidente." Ela pensou também que com o nascimento de Octávio, o neto mais velho de Pelé, o quadro pudesse mudar, "mas até hoje ele nunca telefonou para saber como está passando a criança", comentou o advogado. "Por isso ela decidiu entrar na Justiça para buscar o que tem direito", disse Forcel. Os valores ainda nao foram estipulados.

Vereadora durante um mês em Santos, como suplente, Sandra conseguiu aprovar dois projetos de lei: um que estabelece a parceria entre a prefeitura e um laboratório para realizaçao de exames de DNA gratuitos para pessoas carentes e outro para que as famílias tenham apoio psicológico gratuito durante o processo.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC