Fechar
Publicidade

Setecidades

Publicado em terça-feira, 24 de maio de 2011 às 07:10 Histórico

Parada Gay de Santo André espera 50 mil pessoas

As entidades de defesa dos direitos dos homossexuais da região realiza os últimos preparativos para a 5ª Parada do Orgulho LGBT, marcada para domingo, a partir das 13h. A concentração será na esquina da Avenida D.Pedro II com a Rua Catequese; a festa termina na Rua Padre Vieira, ao lado do Parque Celso Daniel.

O presidente da ONG ABCDS (Ação Brotar pela Cidadania e Diversidade Sexual), Marcelo Gil, disse que neste ano, o número de participantes deve supreender.

Gil explicou que, por conta dos problemas enfrentados nos últimos anos, o público da parada ficou aquém do esperado nas edições anteriores. Em 2009, a Polícia Militar impediu a circulação de um dos trios elétricos por falta de documentação, o que causou revolta dos participantes. "Na ocasião, contamos com a presença de cerca de 20 mil pessoas. Nós esperávamos bem mais." No ano passado, a polícia usou spray de pimenta para dispersar os manifestantes já no fim do evento, na Avenida Firestone.

Com a paz selada entre a ABCDS, a Polícia Militar e a Prefeitura, a organização do evento já teve notícias de que caravanas de várias cidades estão se organizando para vir à parada. Osasco, Presidente Prudente e municípios da Baixada Santista estão na lista.

Gil espera que o público passe de 50 mil pessoas. No caso de a expectativa do presidente da ABCDS não se concretizar, o evento deverá acabar perto das 19h. "Se tiver mais gente, temos de dispersar antes, para não paralisar a cidade."

O comandante da Polícia Militar na região, coronel José Luís Navarro, contou que amanhã haverá palestras de integração entre a organização da parada, as polícias Militar, Civil e Guarda Civil Municipal. "Nós vamos ouvir o que eles têm para falar com relação à atuação no dia do evento."

Cerca de 200 policiais e guadas-civis trabalharão na segurança do evento. "No ano passado houve perfeito entrosamento entre todos", avaliou o coronel. "Eles farão manifestação pacífica e ordeira. É um direito de expressão que eles têm."

Marcelo Gil afirmou que não serão permitidos ambulantes vendendo bebidas alcoólicas e que a interdição das ruas será feita gradativamente, conforme a passagem da parada.

A Prefeitura de Santo André informou que o Viaduto Acisa será interditado às 13h para a concentração do evento, na esquina da Avenida Dom Pedro II com Rua Catequese. Às 14h, a parada seguirá pela via, em direção ao Parque Celso Daniel. Durante a movimentação, serão bloqueadas para a passagem as ruas das Monções, Padre Vieira e Catequese, próximo ao Viaduto Acisa, sentido São Caetano. O trânsito será organizado com 30 agentes.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC