Esportes

Luxemburgo é o novo técnico do Corinthians


O ex-técnico da Seleção Brasileira Wanderley Luxemburgo é o novo treinador do Corinthians. O contrato tem validade de dois anos e o salário não foi divulgado, mas fica abaixo dos R$ 100 mil mensais. Ele se reuniu na tarde desta segunda-feira com o vice-presidente de futebol corintiano, Antonio Roque Citadini, e com Dick Law, representante da Hicks Muse (fundo americano parceiro do Corinthians), para resolver as últimas pendências contratuais.

A apresentação no Parque São Jorge está marcada para as 12h desta terça-feira. Luxemburgo manterá a comissão técnica, com Herón Ferreira (ex-técnico do União São João de Araras), como auxiliar.

Luxemburgo volta, mas sem os poderes que tinha antes. Ele terá a "vigilância" de Edvar Simões, o gerente de futebol. Entretanto, será acolhido pela Gaviões da Fiel e pelos jogadores, que no treino desta segunda, no Parque São Jorge, eram só alegria.

"O Wanderley quer recuperar o prestígio e nós também. Por isso, acho que será uma união perfeita", disse Marcelinho Carioca, que garante um grande Corinthians com Luxemburgo. "Antes de os jogadores pisarem no campo hoje (segunda), aqui já se notava a motivação", disse o meia.

Ricardinho também elogiou a contratação de Luxemburgo. "Melhor, impossível. Ele é um grande treinador e conhece nossa maneira de trabalhar", afirmou. "Chegou a hora da reviravolta", completou o goleiro Gléguer.

Em entrevista durante a noite, Luxemburgo lembrou que ainda não foi totalmente liberado pelos médicos, mas que pode comparecer aos treinos do time em cadeira de rodas. Recentemente, ele se submeteu a uma cirurgia no tendão do tornozelo e no joelho direito.

O técnico aproveitou para declarar seu apoio ao novo técnico da Seleção Brasileira, Emerson Leão. Segundo ele, Leão poderá contar com sua ajuda para o que for necessário. Em seguida, disse que ainda tem esperanças de voltar a treinar a seleção e que seu trabalho está direcionado para isto.

Ao ser questionado sobre a questão das CPIs em que está envolvido, Luxemburgo disse que não fala sobre o assunto. "Não falo sobre CPI. Quero falar sobre o Corinthians, futebol brasileiro...".

Segundo Citadini, o primeiro nome a ser consultado para trabalhar no clube foi o do técnico Oswaldo de Oliveira, campeão Mundial pelo Corinthians em 2000. A notícia da contratação de Luxemburgo chegou a ser confirmada pelo site oficial do clube no começo da tarde, mas foi rapidamente retirada do ar - por ordem da diretoria.

Ex-técnico da Seleção e do Corinthians, ele ocupará a vaga do uruguaio Dario Pereyra, que foi demitido em razão da campanha irregular que o time vem tendo na temporada 2001 - foram três derrotas, dois empates e uma vitória no Paulistão e no Rio-São Paulo.

Culpados - Pereyra compareceu ao Parque São Jorge na manhã desta segunda-feira para retirar seus pertences e criticar os dirigentes do clube. Ele disse que não sabe até quando a corda vai estourar para o lado do treinador. "Pedi reforços, mas eles não chegaram. A culpa é só minha?", indagou.

Ele foi o quarto técnico da equipe em pouco mais de seis meses - antes dele caíram Oswaldo de Oliveira, Oswaldo Alvarez (Vadão) e Candinho.

Retorno de Fred - O volante colombiano Rincón também deve voltar ao Parque São Jorge.

Afastado do elenco santista e sem conseguir acertar contrato com a equipe de futebol profissional da cidade norte-americana de Miami, o jogador estaria ainda mais próximo com a volta de Luxemburgo.

Comentários


Veja Também


Voltar