Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

IPC-Fipe tem inflação na 2ª quadrissemana de abril



17/04/2013 | 05:39


O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação da cidade de São Paulo, registrou uma inflação de 0,08% na segunda quadrissemana de abril. O número representa uma alta em relação à primeira leitura de abril, quando apresentou uma deflação de 0,11%. Na comparação com a segunda medição de março, o índice também mostrou alta, já que o IPC naquele levantamento foi uma deflação de 0,11%.

 

O resultado apurado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) ficou acima do intervalo das previsões de 18 instituições pesquisadas pelo AE Projeções, que apontavam que o índice poderia ficar entre uma deflação de 0,05% e uma alta de 0,05%, com mediana positiva de 0,02%.

 

Transportes e Saúde apresentaram altas maiores na segunda quadrissemana de abril, ante a primeira leitura do mês. A inflação de Transportes acelerou para 0,23% na segunda leitura de abril, de 0,18% na primeira quadrissemana do mês. Já Saúde avançou para 0,45%, de 0,19% na mesma comparação.

 

A inflação de Alimentação e Vestuário desacelerou na segunda leitura de abril, ante a quadrissemana anterior. Alimentação obteve uma alta menor de 0,50% na segunda quadrissemana de abril, após ter atingido inflação de 0,59% na primeira leitura do mês. Vestuário, por sua vez, desacelerou para 0,45%, de 0,52% na mesma comparação.

 

Educação manteve a mesma taxa de inflação na comparação entre a segunda leitura do mês e a primeira, alta de 0,18%.

 

Por outro lado, as deflações de Habitação e Despesas Pessoais foram menores na segunda quadrissemana de abril do que na primeira. A taxa de deflação de Habitação caiu para 0,12%, de um valor negativo de 0,65%. Despesas Pessoais teve deflação de 0,80% na segunda quadrissemana de abril, ante a taxa negativa de 1,05% na primeira leitura do mês.

 

Veja como ficaram os itens que compõem o IPC na segunda leitura do mês de abril:

 

Habitação: -0,12%

 

Alimentação: 0,50%

 

Transportes: 0,23%

 

Despesas Pessoais: -0,80%

 

Saúde: 0,45%

 

Vestuário: 0,45%

 

Educação: 0,18%

 

Índice Geral: 0,08%



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;