Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Corinthians põe Danilo e muda quase tudo


Nelson Cilo
Com Agências

27/01/2010 | 07:00


A estreia do armador Danilo e a volta de Ronaldo são as principais novidades no Corinthians diante do Mirassol, às 21h50 de hoje, no Pacaembu. Até agora, o time de Mano Menezes empatou uma (Monte Azul) e ganhou duas vezes no Estadual (Bragantino e Oeste de Itápolis).

O central Chicão e o lateral Roberto Carlos, poupados, reaparecem domingo no clássico diante do Palmeiras, a exemplo de Iarley e Jorge Henrique. Também saem Balbuena, Ralf, Boquita, Edu, Defederico e Bill.

Se dependesse de Roberto Carlos, a Fiel poderia vê-lo de novo em campo. "Me senti muito bem lá em Araraquara. No finzinho, a minha perna pesou um pouco, mas, apesar do calor, acho que suportei o ritmo", lembra.

Roberto Carlos entende que o recondicionamento físico não é um dos únicos problemas, mas a falta de adaptação ao time - detalhe que o ala considera normal. "É cedo. Vou me soltar normalmente", supõe o lateral.

Ontem, Mano Menezes comandou coletivo aberto à imprensa, algo raro na pré-temporada agora encerrada em Itu. Marcelo Mattos, Elias, Danilo e Tcheco compuseram o meio-campo. Os jogadores não puderam conceder entrevistas. Os titulares aplicaram 2 a 0 nos reservas - o contestado Tcheco, que recebe o apoio de Mano, marcou um dos gols.

O Corinthians ainda não mostrou o futebol que a Fiel espera, mas William pede calma. O capitão cita o que aconteceu no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil do ano passado. Segundo ele, o time precisou de algum tempo até que buscasse o entrosamento ideal. "Houve muita badalação em cima da gente, mas enfrentamos dificuldades no início. Demoramos uns dois ou três meses para encaixar", lembra.

Segundo ele, o caso de Roberto Carlos - uma das poucas alterações defensivas - não é diferente. Ele acha que ainda não podem cobrar demais do badalado pentacampeão do Alvinegro. "Não se discute a experiência dele. Tudo irá acontecer naturalmente", prevê.

Ronaldo não desiste de voltar à seleção

Ronaldo voltou a manifestar ontem o desejo de atuar pela Seleção Brasileira na Copa do Mundo. O atacante prevê que, em pouco tempo, irá conseguir a condição física ideal para disputar uma das vagas no grupo de Dunga. O técnico nunca o incluiu nas listas anteriores, mas o Fenômeno acha que o veto não é definitivo.

"Enfrento sacrifícios incríveis para ir à África do Sul. Dou o melhor de mim e ainda mais. Levo em conta minha idade ou os problemas que já tive na carreira", afirmou.

Ronaldo lidera o ranking das artilharias dos mundiais. Foram 15 gols marcados. Além disso, ele se considera motivado a mostrar bom desempenho na Copa Libertadores. "Me esforço muito", garantiu.

Até agora o Corinthians mantém a postura de utilizar Ronaldo em circunstância especiais. Ele atuou apenas contra o Bragantino pelo Paulistão. Nos demais dias, deu continuidade aos trabalhos individualizados em Itu.

SOLIDARIEDADE - O Corinthians e a Batavo decidiram participar da campanha mundial de socorro ao Haiti. A quantidade será proporcional ao número de torcedores presentes contra o Mirassol (amanhã) e Palmeiras (domingo) - ambos no Pacaembu. (Das Agências)



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;