Fechar
Publicidade

Sábado, 24 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Oferta de ações deve atingir R$ 50 bi


Sérgio Toledo
Do Diário do Grande ABC

12/11/2009 | 07:00


A emissão de ações na BM&FBovespa deve somar R$ 50 bilhões em 2009. É o que acredita o diretor de relações com investidores da Bolsa, Carlos Kawall. "Até o momento, o volume é de R$ 41 bilhões, com 19 ofertas públicas. E mais ainda estão por vir."

Kawall se refere às oito ofertas de ações que estão em processo de análise, das quais cinco são IPOs (sigla em inglês para oferta pública inicial de ações) - Direcional Engenharia, Brazilian FR, Aliansce, Fleury e IMC - e das três ofertas subsequentes - Marfrig, EDP e Anhanguera Educacional.

No terceiro trimestre, foram realizadas sete ofertas públicas. A Tivit Participações promoveu um IPO e houve mais seis ofertas subsequentes (BR Malls. Light S/A, Hypermarcas, Brasil Foods, Natura e Multiplan), totalizando volume de R$ 10,6 bilhões.

Neste quarto trimestre, já ocorreram nove ofertas.Houve dois IPOs, sendo que um deles, do Santader, somou R$ 12,3 bilhões, a maior abertura de capital da história da Bolsa e a maior do mundo em 2009. A outra oferta inicial foi da Cetip. Além disso, sete companhias realizaram distribuição pública de ações - Rossi, PDG, Gol, Brookfield, CCR, Iguatemi e Cyrela - gerando volume de R$19,2 bilhões.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Oferta de ações deve atingir R$ 50 bi

Sérgio Toledo
Do Diário do Grande ABC

12/11/2009 | 07:00


A emissão de ações na BM&FBovespa deve somar R$ 50 bilhões em 2009. É o que acredita o diretor de relações com investidores da Bolsa, Carlos Kawall. "Até o momento, o volume é de R$ 41 bilhões, com 19 ofertas públicas. E mais ainda estão por vir."

Kawall se refere às oito ofertas de ações que estão em processo de análise, das quais cinco são IPOs (sigla em inglês para oferta pública inicial de ações) - Direcional Engenharia, Brazilian FR, Aliansce, Fleury e IMC - e das três ofertas subsequentes - Marfrig, EDP e Anhanguera Educacional.

No terceiro trimestre, foram realizadas sete ofertas públicas. A Tivit Participações promoveu um IPO e houve mais seis ofertas subsequentes (BR Malls. Light S/A, Hypermarcas, Brasil Foods, Natura e Multiplan), totalizando volume de R$ 10,6 bilhões.

Neste quarto trimestre, já ocorreram nove ofertas.Houve dois IPOs, sendo que um deles, do Santader, somou R$ 12,3 bilhões, a maior abertura de capital da história da Bolsa e a maior do mundo em 2009. A outra oferta inicial foi da Cetip. Além disso, sete companhias realizaram distribuição pública de ações - Rossi, PDG, Gol, Brookfield, CCR, Iguatemi e Cyrela - gerando volume de R$19,2 bilhões.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;