Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Microempresas do Grande ABC ampliam faturamento

Pesquisa aponta que empreendedores da região venderam 6% mais no faturamento real de agosto


Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

10/10/2009 | 07:00


A crise está ficando para trás para as microempresas do Grande ABC, de acordo com dados da Pesquisa de Conjuntura do Sebrae-SP (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de São Paulo). O levantamento aponta que, na região, as companhias de pequeno porte tiveram, em média, crescimento de 6,4% no faturamento real (descontada a inflação) em agosto frente a igual período do ano passado.

Segundo o economista do Sebrae-SP, Pedro João Gonçalves, a recuperação nas vendas de veículos - os licenciamentos cresceram 4,2% de janeiro a setembro frente a igual período de 2008 - propiciou aumento de encomendas das montadoras para fornecedores de peças e serviços, acelerando a economia local nos últimos meses.

Isso ocorre devido à presença de seis montadoras (General Motors, Ford, Volks, Scania, Mercedes-Benz e Toyota) e de mais de 600 fabricantes de autopeças, além de empresas de outros segmentos (por exemplo, de logística, transportes, tintas automotivas etc), que atendem a essa cadeia produtiva.

Na comparação com o mesmo mês de 2008, os pequenos empreendedores dos sete municípios se saíram melhor do que a média estadual, em que houve queda de 1,3% no faturamento. Gonçalves assinalou que, apesar da retração, há tendência de melhora: foi o menor índice negativo do ano.

"Em outras regiões de São Paulo, a reação começou mais cedo, puxada pelo comércio, em função da melhora da economia", citou Gonçalves. No acumulado dos primeiros oito meses do ano, as vendas das micro e pequenas - tanto no Grande ABC quanto no Estado - ainda são menores que no mesmo período do ano passado (respectivamente 7,8% e 8,8% menores).

DEMANDA - Com o reaquecimento das encomendas - nos últimos três meses, suas vendas cresceram 30% frente a igual período do ano passado -, a Sulamericana, de São Bernardo, iniciou processo de ampliação da linha de produção. "Compramos duas novas injetoras e uma linha de prensas", afirmou a diretora Vânia Regina Costa.

A empresa, que produz tampões e vedação para o setor automotivo, ampliou em 20% o quadro de funcionários desde março. Hoje conta com 37 empregados.

Outra pequena indústria, a IBA (Indústria Brasileira de Aerossóis), de Diadema, também observa vendas crescentes. Dedicada ao envasamento de itens como desodorantes e espumas de barbear, por exemplo, a receita da companhia cresceu 6% em agosto frente ao mesmo mês de 2008 e já registra, no segundo semestre, melhor desempenho que em igual período do ano passado.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;