Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Comédia defende que todo sonho é possível

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Caroline Ropero
Do Diário do Grande ABC

24/02/2013 | 07:00


Quando o assunto é cinema, Ariel Goldenberg, 32 anos, tem muito o que dizer. Apaixonado pela arte, realizou o sonho de ser protagonista em Colegas, que chega sexta-feira (1º) aos cinemas. Sua mulher, Rita Pokk, 32, e o divertido Breno Viola, 32, também participam da aventura nas telonas.

O trio interpreta corajosos amigos que fogem da instituição onde vivem em busca de seus sonhos. Ao longo da trama, se metem em confusão e passam a ser procurados por caricata dupla de policiais. Repleto de cenas e diálogos engraçados, o filme é leve e prega que toda meta pode ser alcançada.

Apesar de não ser o objetivo do longa, Ariel acredita Colegas vai ajudar a diminuir o preconceito. "Mostra para a sociedade que os Downs podem sim atuar no cinema", afirma. A romântica Rita concorda. "Nós podemos fazer tudo o que os outros fazem." Ela é prova disso. Assim como sua personagem, a atriz sempre quis casar, o que aconteceu há nove anos.

Faixa preta em judô, Breno nunca imaginou que seria ator. Agora, quer fazer novela. Enquanto a oportunidade não aparece, gasta energia em busca de outros objetivos. "Quero muito lotar os cinemas e lutar para que tenha o Colegas 2."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Comédia defende que todo sonho é possível

Caroline Ropero
Do Diário do Grande ABC

24/02/2013 | 07:00


Quando o assunto é cinema, Ariel Goldenberg, 32 anos, tem muito o que dizer. Apaixonado pela arte, realizou o sonho de ser protagonista em Colegas, que chega sexta-feira (1º) aos cinemas. Sua mulher, Rita Pokk, 32, e o divertido Breno Viola, 32, também participam da aventura nas telonas.

O trio interpreta corajosos amigos que fogem da instituição onde vivem em busca de seus sonhos. Ao longo da trama, se metem em confusão e passam a ser procurados por caricata dupla de policiais. Repleto de cenas e diálogos engraçados, o filme é leve e prega que toda meta pode ser alcançada.

Apesar de não ser o objetivo do longa, Ariel acredita Colegas vai ajudar a diminuir o preconceito. "Mostra para a sociedade que os Downs podem sim atuar no cinema", afirma. A romântica Rita concorda. "Nós podemos fazer tudo o que os outros fazem." Ela é prova disso. Assim como sua personagem, a atriz sempre quis casar, o que aconteceu há nove anos.

Faixa preta em judô, Breno nunca imaginou que seria ator. Agora, quer fazer novela. Enquanto a oportunidade não aparece, gasta energia em busca de outros objetivos. "Quero muito lotar os cinemas e lutar para que tenha o Colegas 2."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;