Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com 2 de Paulo Baier, Criciúma derrota Flu em casa



17/07/2014 | 00:11


Com um resultado praticamente garantido, o Criciúma quase deixou escapar a vitória em casa contra o Fluminense. Depois de abrir 3 a 0, em dois minutos o tricolor carioca conseguiu diminuir com dois gols, em um apagão da zaga catarinense aos 38 minutos do segundo tempo. Depois de quatro longos minutos de acréscimos, a vantagem se manteve: 3 a 2 e os três pontos, para alívio da torcida catarinense.

O resultado deixou o Criciúma com 11 pontos, na 13ª colocação da tabela. Já o Fluminense perdeu a chance de encostar no líder Cruzeiro. Estacionou nos 16 pontos, três atrás do rival mineiro, que ainda jogará na quinta-feira.

O primeiro tempo foi de domínio do Fluminense, principalmente na posse de bola e na criação, apesar das poucas finalizações. A partir dos 20 minutos, o Criciúma começou a reagir um pouco mais no campo ofensivo. O volante Rafael Costa conseguiu subir livre e tentou cruzar rasteiro, mas o zagueiro Gum, do Flu, tirou antes que Bruno Lopes pudesse ter uma chance. O troco veio aos 21 minutos, com um cruzamento de Carlinhos para Cícero cabecear, mas Escudero conseguiu salvar.

A pressão do Fluminense continuou, enquanto o Criciúma apostava mais nos lançamentos longos. Mas aos 38 minutos, em jogada individual, Paulo Baier tropeçou nas próprias pernas e conseguiu cavar um pênalti que ele mesmo converteu: 1 a 0 para o time da casa no final da primeira etapa.

Na volta do intervalo, o Criciúma decidiu apertar a defesa para segurar o resultado. A estratégia deu certo e a afobação do Fluminense deu espaço para contra-ataques do time da casa. O time visitante chegava na frente, mas pouco ameaçava. Até que aos 13, Paulo Baier marcou de novo após dois rebotes do goleiro Diego Cavalieri.

O craque veterano ainda cobrou uma falta na direita aos 21 minutos, certeira na cabeça de Serginho, que enfiou o terceiro gol livre. Com o resultado, o Criciúma começou a jogar um pouco mais solto e oferecer mais ameaças.

Aos 38 minutos, o ataque pouco inspirado do Fluminense conseguiu acertar uma jogada: Rafael Sobis cruzou para Conca que, na área, rodopiou até conseguir um espaço livre para chutar e diminuir o placar. O time visitante ainda não estava morto e, no minuto seguinte, encontrou outro gol em um apagão na zaga do Criciúma: o estreante Matheus Carvalho, de cabeça.

FICHA TÉCNICA:

CRICIÚMA 3 x 2 FLUMINENSE

CRICIÚMA - Luiz; Eduardo, Fábio Ferreira, Escudero e Cortez; Serginho, João Vitor, Rafael Costa (Ricardinho) e Paulo Baier (Martinez); Silvinho e Bruno Lopes (Cristiano). Técnico: Wagner Lopes.

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Henrique e Carlinhos; Jean, Cícero (Kennedy), Wagner e Conca; Rafael Sobis e Walter (Matheus Carvalho). Técnico: Cristóvão Borges.

GOLS - Paulo Baier, aos 38 minutos (pênalti) do primeiro tempo e aos 13 do segundo tempo, Serginho aos 21 do segundo tempo, Conca aos 38 do segundo tempo, Matheus Carvalho aos 40 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Escudero, Eduardo (Criciúma); Rafael Sóbis, Carlinhos (Fluminense)

ÁRBITRO - Rodrigo Batista Raposo (DF).

RENDA - R$ 129.790,00.

PÚBLICO - 9.577 pagantes.

LOCAL - Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;