Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Sem ônibus, moradores da V.Conceição andam a pé

Itinerários das linhas foram alterados após ataques em Diadema


Andressa Dantas
Especial para o Diário

08/11/2012 | 07:00


Moradores da Avenida dos Signos, na Vila Conceição, em Diadema, estão preocupados com a distância percorrida para chegar aos pontos de ônibus. Desde que as linhas municipais 21 e 24 tiveram o itinerário alterado, no fim de outubro, a população tem de caminhar cerca de um quilômetro para conseguir embarcar.

Após atos de vandalismo que resultaram em dois ônibus incendiados e um apedrejado, a Prefeitura, em acordo com a Polícia Militar e a empresa Benfica, optou por modificar o trajeto das linhas. A mudança, no entanto, deveria ocorrer apenas na semana dos crimes.

"Ninguém pensa no povo. Se é perigoso para a empresa, imagina para nós que agora temos que andar até a estrada do Rufino. Antes eu pegava ônibus na porta de casa, praticamente. Agora não há outra opção senão caminhar e contar com a sorte", reclama a comerciante Alaina Procópio, 38 anos.

Segundo moradores e comerciantes, há na região um acordo silencioso, como se fosse um toque de recolher não formalizado. Homens que frequentavam lanchonetes do bairro relatam que, a partir das 20h, as pessoas evitam sair de casa, com medo de ações criminosas.

A Polícia Militar diz ter reforçado o número de viaturas da Força Tática na região e que a ronda, feita a cada meia hora, estende-se até à 1h diariamente.

Segundo a Prefeitura, a Benfica está sendo multada por não cumprimento de itinerário. Entretanto, devido às constantes ameaças, a empresa afirma que não pode colocar em risco a vida dos funcionários, moradores da região e usuários de transporte público.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;