Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Bolsa de Tóquio fecha em queda de 0,7%



25/06/2014 | 04:20


A Bolsa de Tóquio terminou a sessão desta quarta-feira em queda pressionada por uma realização de lucros depois dos ganhos acumulados neste mês, além dos resultados negativos em Wall Street ontem. A reação ao discurso do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, sobre a revitalização econômica do país, foi limitada durante o pregão porque o discurso do governo não demonstrou alteração.

O índice Nikkei caiu 0,7%, aos 15.266,61 pontos. Em termos porcentuais, foi a maior queda desde o dia 16 de junho.

Abe discursou ontem sobre as Políticas Básicas para a Economia e as Reformas e Gestão Fiscal. Duas questões ficaram em aberto: impostos e fundo público de ações. "A maioria das coisas que o primeiro-ministro disse já tinha sido absorvido pelo mercado. Mas detalhes, por exemplo, sobre como as empresas que não pagam impostos serão tratadas para compensar a queda de receita nos cortes de impostos, ou qual será o prazo para o dinheiro dos fundos de pensão público serão movidos para as ações. Acho que vamos precisar esperar para descobrir", avaliou Nicholas Smith, estrategista de ações da CSLA.

O resultado das bolsas norte-americanas ontem também pesaram sobre o mercado japonês. Nos Estados Unidos, também houve uma forte realização de lucros após os recordes recentes, mas a situação do Iraque também preocupou os investidores. O Dow Jones terminou a terça-feira em queda de 0,70%, S&P500 recuou 0,64% e o Nasdaq perde 0,42%.

No mercado corporativo, o movimento de liquidação deixou a maioria das ações do índice em queda. A companhia Fast Retailing, que tem um suporte no mercado futuro, teve um recuo menor: a 1%.

As ações da Kyocera perderam 1,9%, mesmo com o anúncio da diretoria de que a empresa pretende aumentar o Ebitda em cerca de 40% em relação ao ano passado. Para os analistas de mercado, no entanto, as previsões são excessivamente otimistas, já que a empresa não cumpriu a distribuição de dividendos aos acionistas nos últimos trimestres. Com informações da Dow Jones Newswires.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;