Fechar
Publicidade

Sábado, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

O que os millenials acham da nova MTV?

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Caroline Ropero
Do Diário do Grande ABC

29/09/2013 | 07:00


Desde sempre, os fãs de música são o maior público da MTV. É o caso de Gabriella Brito Gardim, 14 anos, de São Caetano. “Gosto bastante de assistir a clipes, principalmente os internacionais. Meu programa preferido é o Top 10”, afirma a garota, que costumava votar nos vídeos favoritos pela internet. Gabriella começou a acompanhar o canal nos últimos dois anos e acredita que a mudança na grade da programação será positiva. No entanto, não curtiu a ideia de sair da TV aberta. “Minha mãe não vai pagar, então deixarei de assistir.”

Para Pietra Mendes Pacheco, 13, de Santo André, será ruim apenas se acabarem com os programas que falam sobre música. “Prefiro ver os clipes na TV, é melhor do que ficar procurando na internet.” Mas apesar de achar que a audiência vai diminuir por ser canal pago, a garota acredita que as novas séries e reality shows chamarão a atenção do público. “Muita gente gosta de programas assim.”



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

O que os millenials acham da nova MTV?

Caroline Ropero
Do Diário do Grande ABC

29/09/2013 | 07:00


Desde sempre, os fãs de música são o maior público da MTV. É o caso de Gabriella Brito Gardim, 14 anos, de São Caetano. “Gosto bastante de assistir a clipes, principalmente os internacionais. Meu programa preferido é o Top 10”, afirma a garota, que costumava votar nos vídeos favoritos pela internet. Gabriella começou a acompanhar o canal nos últimos dois anos e acredita que a mudança na grade da programação será positiva. No entanto, não curtiu a ideia de sair da TV aberta. “Minha mãe não vai pagar, então deixarei de assistir.”

Para Pietra Mendes Pacheco, 13, de Santo André, será ruim apenas se acabarem com os programas que falam sobre música. “Prefiro ver os clipes na TV, é melhor do que ficar procurando na internet.” Mas apesar de achar que a audiência vai diminuir por ser canal pago, a garota acredita que as novas séries e reality shows chamarão a atenção do público. “Muita gente gosta de programas assim.”

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;